F1 – Novos talentos tornarão as corridas “divertidas” em 2019

Lando Norris, Alexander Albon e George Russell

A chegada de novos talentos à Fórmula 1 em 2019 tornará as corridas “divertidas”, de acordo com Carlos Sainz e Valtteri Bottas.

Os três primeiros colocados da Fórmula 2 no momento – George Russell, Alexander Albon e Lando Norris – deverão estar no grid da F1 no próximo ano. Russell e Norris já garantiram lugares na Williams e McLaren, respectivamente, enquanto Albon é o favorito à vaga restante na Toro Rosso.

Sainz, que será companheiro de Norris na McLaren em 2019, avalia que o nível dos novos talentos entrando na F1 atualmente é “incrível” e que todos os estreantes estão muito bem preparados.

“Primeiramente, creio que a qualidade do grid será maior do que nunca”, declarou Sainz ao site Autosport. “A quantidade de talentos que vêm chegando à F1 hoje em dia é incrível, mas principalmente como os estreantes são bem preparados”.

“Quando eu cheguei à F1, me sentia pronto desde a primeira volta na Austrália. Acho que já fui quinto no primeiro treino em uma pista que eu não conhecia. Atualmente, graças aos simuladores, testes e treinos livres, você chega à Austrália se sentindo basicamente pronto para tudo”.

“Depois é uma questão de ganhar experiência. Por isso acho que o nível da F1 no próximo ano será maior do que nunca. Lando, George, Max (Verstappen), espero que Esteban consiga uma vaga, (Daniil) Kvyat está de volta, há muitos talentos. Vocês irão se divertir assistindo as corridas”.

Bottas concordou com Sainz que a renovação da categoria em 2019 é saudável.

“A qualidade é boa. Acredito que ainda são os melhores pilotos do mundo”, disse ele. “E é sempre bom ver jovens pilotos chegando muito dispostos a provarem sua capacidade em seu ano de estreia”.

Ele acha que as equipes da F1 estão cada vez mais abertas a contratar estreantes como titulares.

“Várias equipes parecem ter dado oportunidades adequadas para jovens pilotos provarem seu valor e muitos pilotos conseguiram aproveitar essas oportunidades. Talvez isso tenha encorajado outras equipes a fazer o mesmo, o que considero bom. Com certeza, as coisas mudaram um pouco desde que entrei. Mas é bom ver equipes dando oportunidades aos jovens”.

Quer concorrer a uma réplica do capacete do Ayrton Senna? Clique AQUI e palpite sobre quem vai vencer o GP do Brasil de Formula 1 em 11 de novembro!

 

LS - www.autoracing.com.br

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.