F1 – Não posso levar crédito pelo carro da Ferrari, diz Allison

James Allison

James Allison

James Allison, atual chefe técnico da Mercedes, diz que ele não pode levar muito crédito pela força do carro de 2017 de sua ex-equipe Ferrari.

Allison deixou o mesmo papel na Ferrari no meio da sua temporada sem vitórias em 2016. Muitos especularam que sua partida seria prejudicial para este ano porque veio em um ponto crucial no desenvolvimento do carro de 2017, mas a Scuderia ganhou duas das três corridas e lidera o campeonato de pilotos e construtores.

O desenvolvimento do SFH70 foi assumido por Mattia Binotto, cuja equipe entregou um carro que o presidente da Ferrari Sergio Marchionne prevê estará “na ponta” da corrida pelo título por toda a temporada. Allison acha que seria injusto tirar o crédito das pessoas que trabalharam no carro depois da sua partida.

“Saí da Ferrari há muitos meses e me juntei à Mercedes apenas algumas semanas atrás e tudo o que a Ferrari fez para o carro deste ano é um crédito para as pessoas que trabalharam na equipe durante estes meses e o que eles entregaram”, disse Allison no Bahrain.

“Da mesma forma, na equipe em que estou hoje, o crédito pelo desempenho fantástico desta equipe até agora se deve à todas as pessoas que se esforçaram em Brackley durante esses meses”.

IB - www.autoracing.com.br

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que contenham ofensas não serão aprovados pelo moderador.