F1 – Monza vai manter o GP da Itália, apesar de Imola ter um contrato

GP de San Marino de 2006

GP de San Marino de 2006

Bernie Ecclestone fechou um acordo com Imola para sediar uma corrida de Fórmula 1, mas o GP da Itália provavelmente se manterá em Monza.

Ecclestone já tinha citado o impasse político em torno de um novo contrato com Monza como um grande obstáculo na longa saga de manter a Itália do calendário da F1, e confirmou à Autosport que fechou um acordo com Imola.

Mas Angelo Sticchi Damiani, presidente da entidade máxima do automobilismo italiano, o Automobile Club d’Italia (ACI), afirma que os problemas de Monza foram removidos e espera que uma conclusão possa rapidamente ser alcançada com a Formula One Management.

O contrato de Imola será irrelevante se o ACI completar o acordo de Monza.

“Nós finalmente resolvemos todos os problemas com as entidades territoriais – a região (da Lombardia), as cidades de Milão e Monza, e da Autoridade do Parque”, disse Sticchi Damiani à Gazzetta dello Sport. “Neste momento não existem mais problemas políticos”.

Ecclestone afirma que tem feito tudo o que pode, e apesar de ter um contrato em vigor com Imola, que sediou o GP de San Marino de 1988 a 2006, de fato Sticchi Damiani é um torcedor tão leal de Monza, que torna uma mudança de local improvável.

Ecclestone confirmou que, mesmo se uma corrida em Imola se chamasse de novo ‘GP de San Marino’ em vez de ser o GP da Itália, ele ainda tem de ser aprovado por Sticchi Damiani.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.