F1 – Mercedes pretende se reinventar na batalha dos motores

Lewis Hamilton e Max Verstappen

Toto Wolff revelou hoje que os ganhos das unidades de potência de seus rivais resultarão na Mercedes ter que encontrar maneiras de “reinventar-se” em uma tentativa de recuperar a supremacia na batalha de motores da Formula 1, assim como o Autoracing há havia informado aqui  na sexta-feira passada.

A Mercedes dominou os primeiros anos da era V6 turbo, mas enfrentou uma concorrência crescente de marcas como Ferrari e Red Bull nas últimas temporadas.

Este ano, a Ferrari parece ter uma vantagem significativa de velocidade em linha reta sobre o fabricante alemão, que optou por mudar sua filosofia tradicional de desenvolvimento de carros durante o inverno para se concentrar mais no aumento do downforce.

A mudança da Red Bull da Renault para a Honda revelou-se um movimento inspirador, com o fabricante japonês fazendo progressos impressionantes até agora este ano, marcando duas vitórias e uma pole-position em sua nova parceria.

“O chassi da Red Bull esteve sempre entre os melhores e ainda é”, disse Wolff.

E então a Honda deu um grande passo em frente do ano passado para este ano. E este passo parece não ter terminado ainda, já que Helmut Marko insiste que uma UP nova com 25 hp extras estreará no GP da Itália em Monza.

“Estou feliz em ver isso para a F1 porque uma Honda forte é boa para a Fórmula 1 e boa para a competição e, no final, se houver um quarto fornecedor de UP que tenha uma vantagem competitiva, geralmente há pontos positivos para todos nós.”

“Também nos mostra que temos que nos reinventar de qualquer jeito, o que também vejo como um desafio realmente positivo”.

Tendo sido derrotado na pole position por Max Verstappen, da Red Bull, no GP da Hungria, Valtteri Bottas sugeriu que o recente progresso do motor da Honda motivaria a Mercedes a trabalhar mais e encontrar ganhos adicionais de desenvolvimento relacionados à potência.

Perguntado se concorda com seu piloto, Wolff responde: “Acho sim que ele está certo.”

“Tivemos uma boa sequência de sucesso e agora parece que o impulso que precisamos dar é ainda maior.”

“Os outros se recuperaram em termos de UP e é mais fácil recuperar o atraso do que manter o nível e definir o valor de referência, e existe uma razão pela qual ninguém ganhou seis campeonatos consecutivos de construtores e pilotos. Essa razão é porque não é nada fácil.”

“Eu acho que todos nós sabemos disso, mas temos que nos esforçar muito mais para permanecer à frente.”

AS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.