F1 – Mercedes contesta o teste da Ferrari com carro de 2011

Ferrari x Mercedes

Conteúdo patrocinado por: selopatrocinio

A Mercedes alega que, se for considerada culpada de violar as regras de testes da Fórmula 1 por utilizar seu carro de 2013 em Barcelona, a Ferrari também deveria ser punida por seu teste anterior com a Pirelli.

Durante o testemunho da equipe na sede da FIA em Paris nesta quinta-feira, o advogado da Mercedes, Paul Harris, alegou que se o Tribunal Internacional adotar uma interpretação estrita das regras de testes, a Ferrari também estaria errada, apesar de ter usado seu carro de 2011.

Harris disse: “Nossa posição é de que, se estamos errados na interpretação do que o (artigo) 22 significa e houve um teste nosso na pista, quebrando as regras, a Ferrari também cometeu uma infração. Eles utilizaram seu carro na pista, e nós argumentamos que seu carro era substancialmente relevante para o regulamento atual”.

“Não é necessariamente verdadeiro que, se a Ferrari anda na pista com um carro de 2011, aquele carro não é substancialmente relevante para o regulamento de 2012 ou 2013. Havia apenas meio segundo de diferença entre os carros de 2011 e os carros de 2013, mostrando que as mudanças entre 2011 e 2013 são minúsculas em termos de performance”.

A Mercedes também revelou que a Ferrari teve outra oportunidade de testar com a Pirelli em 2012, quando Felipe Massa foi usado em seu teste antes do GP da Espanha, e que a equipe conduziu mais de 1000 quilômetros.

Harris também acrescentou que, se for considerado que a Ferrari não violou o artigo 151C por conduzir seu teste com o carro de 2011, a Mercedes também não pode ser condenada por utilizar um monoposto de 2013. “Nós notamos que a falta de transparência contra nós é idêntica comparada à falta de transparência com ambos os testes da Ferrari”, disse ele.

Harris argumentou que a Ferrari também conduziu testes que não foram para a Pirelli durante a sessão em Barcelona, que foi marcada e paga pela própria equipe, e não pela fornecedora de pneus. Além disso, ele revelou que houve uma correspondência entre Hirohide Hamashima, engenheiro de pneus da Ferrari, e a Pirelli no dia 3 de maio, após o teste, falando sobre os detalhes dos dados da Pirelli.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.