F1 – Membros da McLaren finalmente retornam da Austrália

Andreas Seidl

Os funcionários da McLaren que ficaram em quarentena em Melbourne após o cancelamento do GP da Austrália finalmente estão voltando para casa.

Na quinta-feira anterior à corrida que abriria a temporada, a McLaren comunicou que um engenheiro havia testado positivo para o coronavírus.

A equipe baseada em Woking se retirou do evento logo em seguida, e nada menos que 16 pessoas foram colocadas imediatamente em quarentena.

12 dias depois, os funcionários agora podem viajar de volta para casa. O chefe Andreas Seidl foi um dos que ficou em Melbourne por mais alguns dias a fim de apoiar seu pessoal durante o período de isolamento.

De acordo com fontes, o membro infectado já havia retornado. Sete dos outros funcionários haviam testado negativo para o Covid-19 após uma semana em quarentena. Por enquanto, o vírus parece estar controlado na McLaren.

Clique AQUI para fazer suas apostas esportivas

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.