F1 – McLaren voltou a pensar como “equipe grande” no México

McLaren

Carlos Sainz disse que a McLaren estava pensando “como uma grande equipe” pela primeira vez em 2019 com sua estratégia de classificação no México.

A equipe Woking tentou seguir os seis primeiros e sair do Q2 com os pneus médios, o que significa que iria começar a corrida com esse composto e abrir melhores opções estratégicas para a corrida.

Infelizmente, não tiveram o ritmo necessário para conseguir isso, mas Sainz vai começar em P7 à frente do companheiro de equipe Lando Norris, e o espanhol ficou encantado com a sua equipe por ter dado um passo em frente.

“Um grande sorriso. Hoje, pela primeira vez em toda a temporada, começamos a pensar mais como uma grande equipe”, disse aos repórteres na Cidade do México.

“Tentamos passar pelo Q2 com o pneu médio, estivemos muito perto apesar da travada no setor final e do tráfego, quase conseguimos passar com os médios, o que nos teria dado uma enorme vantagem para amanhã”, prosseguiu.

“É uma consequência de tomar as coisas certas e as decisões certas durante todo o fim de semana, tenho-me sentido em casa com o carro e temos estado dominando o meio-campo novamente”, acrecentou o espanhol.

Portanto, a única desvantagem de Sainz é que ele terá que começar a corrida com os pneus macios, mas mesmo assim não estava de mau humor. “Aquele macio horrível. Mas você sabe que eu nem estou desapontado porque nós tentamos, e não tentamos isso há séculos”, comentou ele.

“É bom pelo menos começar a pensar com expectativas mais elevadas na classificação, estou muito orgulhoso da equipe”, concluiu o piloto da McLaren.

Clique AQUI para apostar no GP do México

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.