F1 – McLaren teria construído versão B de seu carro em 2018

McLaren

A McLaren teria se comprometido a construir uma especificação B de seu carro de Fórmula 1 em 2018 se tivesse descoberto o problema “fundamental” do projeto antes.

A equipe teve uma temporada decepcionante e não conseguiu o progresso que esperava após trocar o motor Honda pelo Renault.

Acredita-se que um problema aerodinâmico inerente envolvendo arrasto excessivo e a falta de capacidade do carro manter os níveis de downforce nas curvas foi sua principal desvantagem, mas a McLaren só percebeu isso depois do recesso de verão.

O Xeque Mohammed bin Essa Al Khalifa, presidente executivo e acionista da McLaren, agora revelou que, com o problema não podendo ser solucionado sem uma troca de chassi, a equipe teria preparado um carro novo se tivesse descoberto antes.

“Se nós tivéssemos descoberto isso em abril, teríamos um carro B agora. Porém, foi tarde demais”, disse ele. Ao ser questionado quando a equipe percebeu totalmente a dimensão do problema, ele respondeu: “Só depois do recesso de verão. Quando foi confirmado, era tarde demais”.

Apesar da compreensão ter ocorrido tarde demais para salvar a campanha da McLaren em 2018, o Xeque Mohammed não tem dúvida de que lições foram aprendidas a fim de evitar uma repetição em 2019.

“Eu não sei se queremos revelar o que descobrimos e por que, mas nós tomamos atitudes e o desenvolvimento do carro do próximo ano nos ajudou a entender o que deu errado aqui. Portanto, estamos confiantes. Sabemos por que não conseguimos desenvolver o carro deste ano. Foi um problema fundamental e nós acreditamos que o resolvemos”.

 

LS - www.autoracing.com.br

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.