F1 – Marko: “Golpe de mestre” não vai reduzir diferença para a Mercedes

Mercedes e Red Bull

A atual campeã mundial Red Bull espera estar “pelo menos dentro do alcance” da dominante Mercedes no espaço de um mês.

Christian Horner, chefe da equipe, disse que o GP do Bahrain foi “a primeira vez que vimos o verdadeiro potencial deles (Mercedes)”, com uma vantagem de até dois segundos por volta sobre o resto do pelotão.

Ele avisou: “Na China, novamente será muito difícil de bater a Mercedes, considerando a reta de um quilômetro. Mas quando retornarmos à Europa, precisamos começar a reduzir a diferença”.

Helmut Marko, referindo-se ao subsequente GP da Espanha em maio, concordou: “Nossa esperança é estar pelo menos dentro do alcance na Europa”, disse ele à emissora austríaca Servus TV.

“Você precisa de um bom motor no Bahrain, e a China também será difícil, com duas retas longas. Mas em locais como Barcelona e Mônaco, o chassi volta a ter mais importância”.

Marko elogiou a vantagem da Mercedes no momento.

“Com a engenhosidade e uma preparação muito mais a longo prazo (da Mercedes), tanto nós quanto a Ferrari temos muito a fazer para chegar remotamente perto deles. Será um processo que não é alcançado com um golpe de mestre”.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.