F1 – Marko: Futuro da Red Bull será incerto sem regras de motores

Helmut Marko e Christian Horner

Helmut Marko e Christian Horner

Helmut Marko, consultor da Red Bull, pediu que a categoria introduzisse uma fornecedora independente de motores para equipes o mais rápido possível, dizendo que o futuro da equipe no grid não está seguro.

A Red Bull pediu uma fornecedora independente de motores para a Fórmula 1 em numerosas ocasiões, especialmente quando as dificuldades com a parceira da unidade de potência Renault em 2015, a levou à uma potencial saída do campeonato.

Os chefes da F1 estão atualmente trabalhando em planos para a fórmula do motor da categoria para além de 2020, com interesses chaves, incluindo uma queda nos custos e um aumento do som para a especificação em 2021.

Marko enfatizou que uma fornecedora independente de motores para as equipes era crucial para o futuro da categoria e para a Red Bull como uma equipe de corrida.

“O mais próximo deve ser 2021 para que uma fornecedora independente de motores entre na F1. Isto é mais do que necessário – e o motor tem que ser simples, barulhento e custando abaixo de 10 milhões”, disse Marko.

“Estamos falando de um motor muito menos sofisticado do que temos agora – um motor de corrida simples. Há empresas suficientes que poderiam fornecer”.

“Então esperamos dos novos proprietários junto com a FIA para encontrar uma solução o mais tardar no final desta temporada. Se isso não acontecer, a nossa permanência na F1 não está garantida”.

IB - www.autoracing.com.br

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que contenham ofensas não serão aprovados pelo moderador.