F1 – Marchionne: Brecha nas regras dos motores foi uma vitória antecipada

Sergio Marchionne

O presidente da Ferrari Sergio Marchionne disse que sua equipe conseguiu sua primeira vitória de 2015, assegurando uma brecha nos regulamentos para permitir o desenvolvimento de motores durante a temporada.

Ao contrário da intenção do congelamento dos motores na temporada, a Ferrari, Mercedes e Renault serão autorizados a fazer atualizações em suas unidades de potência ao longo do ano, depois que surgiu que a FIA não tinha determinado um prazo de homologação nos regulamentos. O diretor técnico da Ferrari James Allison forçou por esta brecha, o que dá aos fabricantes a chance de espalhar o seu desenvolvimento permitido ao longo da temporada, em vez de apressar para cumprir um prazo de homologação da pré-temporada.

Falando no Detroit Motor Show, Marchionne disse que o tempo extra de desenvolvimento seria importante para a recuperação da Ferrari após uma temporada sombria em 2014.

“A Ferrari é composta por 1.000 pessoas que querem ganhar”, ele disse à Gazzetta dello Sport. “Nós já conseguimos um bom resultado por sermos capazes de fazer mudanças nos motores: eu considero isto uma vitória”.

No entanto, Marchionne fez questão de ressaltar que ele não iria administrar a equipe de F1 e vai permitir que o chefe de equipe Maurizio Arrivabene tivesse toda a liberdade para alterar a sorte da Ferrari nas pistas.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.