F1 – Mais de um candidato para a vaga de Whiting

Charlie Whiting

Há mais de um candidato para substituir o falecido diretor da F1, Charlie Whiting. Em Melbourne, onde Whiting faleceu em seu quarto de hotel nas primeiras horas da manhã de quinta-feira, Michael Masi foi indicado como seu substituto de última hora.

Mas a publicação Der Spiegel relata que o americano Scot Elkins, o vice-diretor de corridas oficial, só ficou de fora porque ele não estava na Austrália. E atualmente, Elkins não pode ir a todos os GPs, por causa de seu papel duplo na Fórmula E. O Der Spiegel também informa que Nikolas Tombazis e Peter Bayer estão na corrida.

“Não é fácil fazer o trabalho de Charlie”, disse Bernie Ecclestone, amigo e colega de longa data que foi fundamental na nomeação de Whiting para a FIA nos anos 80. “Ele viu tudo, ouviu tudo, sabia tudo, fez tudo”.

Ross Brawn concorda: “Seu trabalho nos fins de semana pode ter representado 5% de sua carga de trabalho”.

Ecclestone continuou: “Ninguém tinha uma idéia real do que Charlie fez. Acho que as pessoas ficariam surpresas se soubessem. Eu não sei se eles podem encontrar alguém que possa fazer como Charlie, mas posso imaginar que isso poderia ser feito se você dividir o emprego dele em quatro”.

O presidente da FIA, Jean Todt, disse que o órgão vai passar um tempo na próxima semana decidindo sobre uma solução permanente após a morte de Whiting. “Nós já pensamos nisso há algum tempo e Charlie também estava envolvido porque sabíamos que ele não poderia ter seu papel para sempre”, comentou Todt em Melbourne.

“Agora, nosso pessoal está trabalhando em um plano para o futuro que infelizmente temos que colocar em ação mais cedo do que esperávamos”, finalizou ele.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.