F1 – Leclerc não entendeu rodada “muito estranha” em Xangai

Charles Leclerc

O estreante Charles Leclerc descreveu a rodada que arruinou seu GP da China como “muito estranha” e que ocorreu “sem absolutamente nenhum aviso”.

O piloto da Sauber se classificou à frente de seu experiente companheiro Marcus Ericsson pela primeira vez no sábado em Xangai e estava à frente dele no primeiro stint da prova.

Contudo, uma rodada na curva 1 jogou Leclerc na caixa de brita e provocou danos no assoalho que comprometeram o restante de sua corrida e o deixaram em 19º, último entre os que terminaram.

A princípio, Leclerc pensou que os danos no assoalho poderiam ter causado a rodada, mas a equipe posteriormente determinou que eles foram resultado da escapada, e não a causa.

Ele disse ao site Autosport que foi “muito estranho, porque na verdade eu estava entrando na curva mais rápido nas três primeiras voltas”.

“Naquela volta, eu entrei mais devagar e perdi a traseira de modo bastante imprevisível”, acrescentou Leclerc. “Não houve absolutamente nenhum aviso. Depois daquilo, nunca consegui reproduzir a velocidade que eu tinha em todas as curvas de alta”.

“A traseira estava extremamente solta e a pilotagem muito difícil. As curvas 1, 7, 8 e também a saída da 13 ficaram complicadas de fazer após a rodada”.

 

LS - www.autoracing.com.br

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que contenham ofensas não serão aprovados pelo moderador.