F1 – Leclerc: Batida na classificação foi “imperdoável”

Charles Leclerc

Charles Leclerc, da Ferrari, descreveu sua batida na classificação para o GP da Hungria como “desnecessária” e “imperdoável”, admitindo que teve sorte por não arruinar sua sessão.

Quando Leclerc estava atrás do companheiro de equipe Sebastian Vettel no primeiro segmento da classificação, ele rodou na última curva enquanto tentava melhorar seu tempo e bateu de traseira nas barreiras. Leclerc levou seu carro danificado para os pits, e depois de passar para a Q2 graças ao seu tempo inicial, ele conseguiu retornar à pista no segundo segmento após reparos.

Falando à mídia posteriormente, Leclerc assumiu responsabilidade total, descrevendo o acidente como um “grande erro” e “estúpido”, principalmente depois de sua batida no GP da Alemanha do fim de semana passado.

“O erro na Q1 foi simplesmente desnecessário”, disse ele. “São dois erros em dois GPs – o primeiro é perdoável, mas este definitivamente não é. Então, preciso analisar essas coisas e evitar que elas aconteçam novamente. Tive bastante sorte por terminar a sessão”.

Porém, Leclerc sentiu que seu desempenho no último segmento da classificação em Hungaroring compensou um pouco sua batida, já que ele superou Vettel na disputa pela quarta colocação no grid.

“Creio que, com ou sem acidentes, eu teria dificuldades para encontrar mais tempo naquela volta da Q3 – fiquei bem feliz com a volta. Obviamente, fui um pouco mais cauteloso no último setor após meu erro, mas, no geral, foi uma boa volta, portanto não acho que a batida afetou o resultado final”.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.