F1 – Inglaterra 2018: Vettel ultrapassa Bottas e vence

Valtteri Bottas e Sebastian Vettel

Sebastian Vettel passou Valtteri Bottas no final da corrida para vencer o emocionante GP da Inglaterra no qual Lewis Hamilton se recuperou e chegou em segundo após ter tocado na primeira volta.

A Mercedes usou um período de safety car para colocar Bottas à frente de Vettel, que liderava desde a largada, mas o piloto da Ferrari tirou proveito dos pneus mais novos para tomar a vitória com uma grande manobra a cinco voltas da bandeirada.

Hamilton então deixou seu companheiro de equipe para trás no mesmo ponto na volta seguinte e garantiu a segunda colocação, enquanto Kimi Raikkonen completou uma sequência de ultrapassagens na Brooklands e tirou o pódio de seu compatriota.

Hamilton caiu para o final do pelotão na primeira volta depois que Raikkonen travou sua roda dianteira direita na curva 3, perdeu o traçado e tocou no carro da Mercedes. O finlandês continuou atrás da dupla da Red Bull, mas recebeu uma punição de 10 segundos, enquanto Hamilton completou a primeira volta em 17º.

Um dos momentos decisivos da prova ocorreu na volta 32, quando Marcus Ericsson perdeu o controle de seu carro quando entrou na primeira curva com o DRS aberto e bateu forte na barreira de pneus, provocando a entrada do safety car. A Ferrari reagiu chamando Vettel para os pits, mas a Mercedes mandou Bottas ficar na pista.

A corrida foi neutralizada mais uma vez quase imediatamente após a relargada devido a um acidente entre Carlos Sainz e Romain Grosjean na Copse. O espanhol atacou por fora, mas Grosjean escorregou na tangência e tocou no rival. Ambos abandonaram.

O segundo período de safety car durou três voltas, estabelecendo um sprint final de 11 voltas. Bottas resistiu à pressão de Vettel até a volta 47, quando o alemão entrou mais forte na reta Wellington e mergulhou por dentro na Brooklands.

Raikkonen superou Verstappen antes do holandês abandonar com um problema no freio eletrônico e também tirou a terceira posição de Bottas passando seu compatriota por fora na Brooklands.

Bottas conseguiu segurar Ricciardo e chegar em quarto, com Nico Hulkenberg (Renault) sendo o melhor do resto em sexto após ganhar cinco posições na primeira volta caótica.

Esteban Ocon (Force India) foi o sétimo, enquanto Fernando Alonso levou a melhor sobre Kevin Magnussen em uma acirrada batalha no final para terminar em oitavo. Pierre Gasly (Toro Rosso) assegurou o último ponto em 10º.

Classificação da prova:

Pos. Piloto Equipe Voltas Tempo/dif.
1 Sebastian Vettel Ferrari 52 1h27m29.784s
2 Lewis Hamilton Mercedes 52 2.264s
3 Kimi Raikkonen Ferrari 52 3.652s
4 Valtteri Bottas Mercedes 52 8.883s
5 Daniel Ricciardo Red Bull/Renault 52 9.500s
6 Nico Hulkenberg Renault 52 28.220s
7 Esteban Ocon Force India/Mercedes 52 29.930s
8 Fernando Alonso McLaren/Renault 52 31.115s
9 Kevin Magnussen Haas/Ferrari 52 33.188s
10 Pierre Gasly Toro Rosso/Honda 52 34.129s
11 Sergio Perez Force India/Mercedes 52 34.708s
12 Stoffel Vandoorne McLaren/Renault 52 35.774s
13 Lance Stroll Williams/Mercedes 52 38.106s
14 Sergey Sirotkin Williams/Mercedes 52 48.113s
15 Max Verstappen Red Bull/Renault 46 abandono
16 Carlos Sainz Renault 37 abandono
17 Romain Grosjean Haas/Ferrari 37 abandono
18 Marcus Ericsson Sauber/Ferrari 31 abandono
19 Charles Leclerc Sauber/Ferrari 18 abandono
20 Brendon Hartley Toro Rosso/Honda 1 abandono

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.