F1 – Hartley: Ainda posso manter minha cabeça erguida

Toro Rosso

Brendon Hartley diz que pode sentir orgulho pelo trabalho que fez na Toro Rosso este ano, apesar do difícil início da sua primeira temporada de Fórmula 1.

Enquanto a F1 chega às férias de verão, Hartley marcou apenas dois pontos em relação aos 26 de seu companheiro de equipe, Pierre Gasly.

Gasly foi associado a uma potencial promoção para a Red Bull, mas o futuro de Hartley não está claro. No começo da temporada, o piloto júnior da McLaren, Lando Norris, estava ligado à vaga de Hartley.

“Se a Fórmula 1 acabar para mim no final do ano, ou o que seja, sempre vou manter a cabeça erguida”, disse ele. “Eu sei o trabalho que estou fazendo nos bastidores e sei que estou dando tudo o que posso”.

Hartley sofreu uma série de acidentes, incluindo na Espanha (devido a erro do piloto), Canadá (onde ele foi atingido por Lance Stroll) e Grã-Bretanha (falha de suspensão). No entanto, ele está confiante de que a equipe reconhece seu potencial.

“Nem todo mundo conhece a história completa. Mas eu me sinto em um bom lugar e espero poder consolidar o ímpeto que tive nos últimos fins de semana. Mesmo que eu não consiga sempre o resultado, sinto-me muito forte e espero ter mais alguns resultados e mais pontos nas próximas corridas”.

“Acho que fiquei melhor e melhor nisso. Eu acho que especialmente este ano estar sob uma situação com um pouco de pressão, vindo de todos os ângulos, da mídia ou de quem quer que seja, realmente me fez sentir muito mais forte e me fez perceber onde minha energia precisa estar”.

IB - www.autoracing.com.br

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.