F1 – Hamilton vence com facilidade em Abu Dhabi

GP de Abu Dhabi 2019

Lewis Hamilton encerrou a temporada de seu sexto título na Fórmula 1 com uma vitória dominante no GP de Abu Dhabi.

O 11º triunfo de Hamilton no ano, igualando seu número máximo em uma única campanha, nunca esteve em dúvida, pois ele largou bem da pole position e ainda foi beneficiado pela ultrapassagem de Charles Leclerc sobre Max Verstappen na primeira volta.

Verstappen fez um primeiro stint longo que lhe permitiu alcançar e passar Leclerc para garantir o segundo lugar e a terceira posição no campeonato de pilotos.

O holandês da Red Bull usou o DRS para atacar no fim da primeira reta oposta na volta 32 e mergulhou por dentro da Ferrari. Leclerc tentou dar o troco por fora na freada seguinte, mas Verstappen conseguiu se defender.

A Ferrari então adotou o “plano C” para Leclerc e o chamou para um segundo pit-stop a fim de tentar a volta mais rápida, mas ele não teve sucesso.

Isso deixou Verstappen tranquilo em segundo, 16.7s atrás do vencedor Hamilton – que cravou a melhor volta na penúltima passagem e marcou o ponto de bônus.

Leclerc completou o pódio, mas seu terceiro lugar está em dúvida porque a Ferrari está sendo investigada pelos comissários por uma discrepância “significativa” na declaração de combustível pré-corrida.

Valtteri Bottas ainda pode ser recompensado com um pódio depois de concluir sua recuperação com uma ultrapassagem sobre Alex Albon no terço final da prova.

O progresso do finlandês vindo do fim do grid foi lento no princípio devido a um problema com o DRS, mas seu ritmo forte na sequência o deixou bem perto do pódio, chegando menos de um segundo atrás de Leclerc.

Sebastian Vettel também fez duas paradas e ganhou a quinta colocação de Albon a duas voltas do final.

O primeiro stint longo de Sergio Perez abriu caminho para um ataque nas últimas voltas que lhe rendeu as honras de melhor do resto em sétimo.

O piloto da Racing Point largou em 10º, mas o adiamento de sua parada lhe permitiu ultrapassar cinco carros em 17 voltas, incluindo uma manobra sobre Lando Norris no penúltimo giro.

Daniil Kvyat terminou em nono, mas os dois pontos marcados pela Toro Rosso não foram suficientes para a equipe tomar o quinto lugar da Renault no campeonato de construtores.

Nico Hulkenberg parecia destinado a encerrar seu período de três anos na Renault e potencialmente sua carreira na F1 com um ponto, mas ele perdeu a 10ª posição para Carlos Sainz na última volta.

Com isso, Sainz garantiu o sexto lugar no campeonato de pilotos, apenas um ponto à frente de Pierre Gasly.

Classificação da prova:

Pos. Piloto Equipe Voltas Tempo/dif.
1 Lewis Hamilton MERCEDES 55 1:34:05.715
2 Max Verstappen RED BULL HONDA 55 +16.772s
3 Charles Leclerc FERRARI 55 +43.435s
4 Valtteri Bottas MERCEDES 55 +44.379s
5 Sebastian Vettel FERRARI 55 +64.357s
6 Alexander Albon RED BULL HONDA 55 +69.205s
7 Sergio Perez RACING POINT MERCEDES 54 1 volta
8 Lando Norris MCLAREN RENAULT 54 1 volta
9 Daniil Kvyat TORO ROSSO HONDA 54 1 volta
10 Carlos Sainz MCLAREN RENAULT 54 1 volta
11 Daniel Ricciardo RENAULT 54 1 volta
12 Nico Hulkenberg RENAULT 54 1 volta
13 Kimi Raikkonen ALFA ROMEO FERRARI 54 1 volta
14 Kevin Magnussen HAAS FERRARI 54 1 volta
15 Romain Grosjean HAAS FERRARI 54 1 volta
16 Antonio Giovinazzi ALFA ROMEO FERRARI 54 1 volta
17 George Russell WILLIAMS MERCEDES 54 1 volta
18 Pierre Gasly TORO ROSSO HONDA 53 2 voltas
19 Robert Kubica WILLIAMS MERCEDES 53 2 voltas
20 Lance Stroll RACING POINT MERCEDES 45 abandono

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.