F1 – Hamilton: Situação do motor pode custar caro à Mercedes

Lewis Hamilton e Sebastian Vettel

Lewis Hamilton ficou desapontado quando os jornalistas perguntaram a ele em Montreal sobre a situação do motor da Mercedes. Apesar de programar uma atualização para o Canadá, a marca alemã adiou por duas semanas, por razões de qualidade.

“Os caras trabalharam duro e deram tudo, mas no final tivemos que tomar uma decisão sensata”, disse o campeão mundial Lewis Hamilton. Mas ele admitiu que a decisão poderia custar caro a ele no Canadá.

“Agora é a sétima corrida com o mesmo motor”, afirmou Hamilton. “A cada quilômetro você perde mais e mais potência. E em uma pista como Montreal, os efeitos são ainda maiores”.

Não apenas isso, seu arqui-rival Sebastian Vettel se beneficiará de uma nova e melhorada unidade de potência da Ferrari. “Se a Ferrari tem um motor novo que tem ainda mais potência, então isso é um ou dois décimos e torna-se uma tarefa difícil manter-se com eles”, comentou Hamilton. “Como motorista, é claro que vou tentar de tudo”.

Vettel, enquanto isso, minimizou qualquer vantagem que ele pudesse ter. “Eu não sei o que Mercedes tem ou o que eles ganham ou perdem por causa disso”, explicou ele.

“Mas tenho certeza de que todas as equipes acabarão trazendo novas peças. O importante não é o que fazemos aqui, mas se ao longo da temporada desenvolvemos o carro melhor do que os outros”, acrescentou o alemão ferrarista.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.