F1 – Hamilton não tem problema com batalhas roda a roda

Charles Leclerc e Lewis Hamilton

O líder do campeonato, Lewis Hamilton, disse que não tem problemas com a maneira agressiva de Charles Leclerc defender sua liderança em Monza, desde que “esteja claro” que os pilotos de F1 possam defender da mesma maneira em corridas futuras.

Hamilton teve algumas disputas roda a roda com Leclerc durante o eletrizante GP da Itália de ontem, mas o britânico não conseguiu ultrapassar monegasco devido a algumas defesas consideradas “agressivas” em tempos recentes.

O exemplo mais claro disso foi durante a 23ª volta da corrida, com Hamilton tentando ultrapassar por fora a Ferrari nas curvas quatro e cinco. Leclerc apertou Hamilton para a zebra, forçando o tricampeão a sair um pouco da pista. Uma manobra muito parecida que Verstappen fez contra Leclerc no GP da Áustria e foi considerada normal pelos comissários.

Leclerc recebeu uma bandeira preta e branca pela manobra, o que serve mais como aviso e não como penalidade. Em um ataque posterior na mesma seção da pista, Leclerc mudou de linha várias vezes para negar a liderança à Hamilton.

O atual campeão não vê problemas com a tocada de Leclerc, desde que os comissários permaneçam consistentes com suas decisões em instâncias futuras.

“Se é assim que podemos competir, eu vou competir assim”, disse o piloto de 34 anos ao The Guardian.

“Desde que saibamos que você não é obrigado deixar a largura de um carro, por exemplo.”

“Você tem permissão para alargar a písta, mesmo que alguém esteja lá e você só vai receber uma bandeira de aviso. Desde que fique claro que esse é o caminho a seguir, tudo bem, então eu sei como entrar em uma batalha.”

Hamilton terminou em P3, atrás de Leclerc e Valtteri Bottas, embora o britânico tenha conseguido o ponto extra pela volta mais rápida.

AS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.