F1 – Hamilton: Max na Mercedes funcionaria bem para mim

Lewis Hamilton e Max Verstappen

Em reportagem da Sky F1, Lewis disse que quer a Red Bull e Verstappen na luta pelo título, e também o receberia bem como companheiro de equipe – então ele poderia provar que ele é o melhor da F1.

Lewis Hamilton disse que espera que o ataque de Max Verstappen nessa temporada continue, para que eles possam disputar o campeonato – e também insiste em que ele adoraria enfrentar o holandês como companheiro de equipe.

Depois que Mercedes e Hamilton dominaram as oito primeiras corridas da temporada, Red Bull e Verstappen venceram duas das últimos três e o garoto de 21 anos produziu algumas performances épicas – tanto que o debate aumentou nos últimos meses sobre quem é o melhor piloto da F1.

A grande vitória de Verstappen no último fim de semana na Alemanha fez com que ele esteja agora 63 pontos atrás de Hamilton, o pentacampeão mundial, e apenas 22 pontos atrás de seu companheiro de equipe Valtteri Bottas.

Espera-se que a Red Bull seja forte no GP da Hungria deste fim de semana, a última corrida antes das férias do verão europeu, e Hamilton admitiu que ficou impressionado tanto pelo piloto quanto pela equipe.

“O tempo dirá se vamos lutar pelo campeonato”, disse Hamilton a repórteres. “Acho que ele fez um ótimo trabalho e a Red Bull claramente fez um ótimo trabalho em algumas das corridas agora.”

“Acho que eles serão rápidos aqui. Eles estão, em geral, lentamente nos alcançando – embora seja mais fácil recuperar o atraso do que ficar na frente e ser o líder. Mas é ótimo vê-los progredir.”

“Queremos competição. Estamos prontos para a luta, qualquer que seja o caso.”

Hamilton: Max na Mercedes “funcionaria bem para mim”
Verstappen tem estado ligado a uma mudança para a Mercedes, particularmente neste ano, já que ele entrega consistentemente na pista, enquanto há rumores sobre uma cláusula de saída em seu contrato com a Red Bull.

A Mercedes disse que vai decidir quem será o companheiro de equipe de Hamilton para a próxima temporada, com Bottas sob pressão e Esteban Ocon também ligado.

Quando perguntado sobre o possível parceiro de Max, Hamilton respondeu: “Honestamente, não tenho nenhum problema com isso. Como eu disse antes, gosto de trabalhar com Valtteri.”

“Eu não sei como a dinâmica com Verstappen iria trabalhar para a equipe, mas eu não estou dizendo que iria ou não. Eu vejo pontos positivos e potenciais negativos, obviamente, há sempre pontos positivos e negativos com pessoas diferentes que você termina trabalhando.”

Apesar de não se comprometer com a sua primeira resposta, um sorridente Hamilton acrescentou: “De certa forma funcionaria bem para mim porque vejo histórias que temos carros diferentes e essa é a única razão pela qual o venci.”

“Isso me daria a oportunidade de mostrar que não é por isso”

Verstappen: Não vamos pensar em título ainda
Verstappen disse que “não se importava” com as comparações entre ele e Hamilton, ao mesmo tempo em que afirmava não estar pensando em desafiar potencialmente o inglês pelo título.

“Eu apenas tento fazer o melhor trabalho possível todo fim de semana e com a Mercedes tendo um começo tão dominante na temporada, eu acho que é realmente difícil pegá-los”, disse Verstappen. “Vou tentar, mas não estou pensando no campeonato”.

Mas enquanto Verstappen acredita que a Red Bull Honda não é a favorita em Hungaroring neste fim de semana, ele está encorajado pelas melhorias.

“Todas as corridas tentamos trazer coisas para o carro para torná-lo ainda mais rápido, e até agora tudo da fábrica tem funcionado”, afirmou. “Isso é claro, muito positivo”.

AS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.