F1 – Hamilton: Exaustão, não raiva levou a ignorar entrevista

Lewis Hamilton

Lewis Hamilton insiste que sua decisão de ignorar a entrevista pós-corrida após o GP da Inglaterra de Fórmula 1 se deveu à exaustão e não à raiva.

Hamilton perdeu para Sebastian Vettel e Valtteri Bottas, companheiro de equipe da Mercedes na largada, antes de ser atingido e rodar pela Ferrari de Kimi Raikkonen na curva 3, quando ele caiu para o fundo do pelotão na primeira volta.

Ajudado por dois períodos de Safety Car, Hamilton fez uma recuperação soberba em seu caminho para salvar o segundo lugar, atrás de Vettel, o principal rival do título, limitando os danos na sua disputa pelo campeonato no processo.

Mas em vez de fazer a entrevista pós-corrida que precede o pódio, o britânico seguiu direto para a sala de descanso dos pilotos. Hamilton explicou a falta nas mídias sociais, acrescentando que ele perdeu três quilos em sua disputa sob as condições de calor em Silverstone.

“Perdi quase três quilos para voltar ao topo hoje para você e minha equipe. Eu mal tinha energia no final para ficar e muito menos falar”, disse Hamilton.

“Se você não consegue entender e apreciar isso, então eu entendo completamente. No entanto, não tem nada a ver com a raiva, literalmente estava apenas exausto tanto fisicamente quanto emocionalmente”, acrescentou.

“Obrigado a todos pelo incrível apoio neste fim de semana, nós ganhamos e perdemos juntos! Avante e para cima”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.