F1 – Hamilton diz que essa sexta-feira foi das mais difíceis

Toto Wolff e Lewis Hamilton

Toto Wolff e Lewis Hamilton

Lewis Hamilton disse que não está claro qual a direção do acerto que a Mercedes deve tomar para superar o défice que enfrentou para Daniel Ricciardo nos treinos livres para o GP da Hungria.

Hamilton terminou a segunda sessão de treino de sexta-feira em P5, depois que pequenos erros arruinaram cada uma de suas voltas voadoras com pneus supermacios. Depois de garantir a pole position em três das últimas quatro corridas, Hamilton admitiu que o primeiro dia de treinos Hungaroring o deixou um pouco perdido.

“O TL2 começou bem e depois ficou um pouco confuso”, disse ele. “Não está claro no momento o que precisamos mudar no carro, então há muita análise que precisa continuar e espero que amanhã, quando saibamos, eu me sinta melhor.”

“Essa pista é muito boa pra mim, um dos meus melhores circuitos, mas definitivamente eu diria que esta é uma das sextas mais difíceis que posso lembrar. Não sei se é por causa das condições de vento ou não, mas acho que amanhã particularmente veremos o quão perto estão as três principais equipes”.

Pela primeira vez nesta temporada, Ricciardo liderou as duas sessões na sexta-feira, mas Hamilton disse que a Mercedes esperava que Red Bull ressurgisse na Hungria.

“Sim, antecipamos que este fim de semana seria muito próximo, já que aqui a potência não conta. A Red Bull tem uma atualização e seu carro parece muito no chão, então foi um dia complicado.”

“Mas o meu ritmo foi bastante bom com pneu macio e eu simplesmente não acertei a volta com o supermacio. Eu acho que temos o conteúdo, resta colocá-lo no envelope certo”.

AS - www.autoracing.com.br

Tags
, ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.