F1 – Haas quer mais corridas nos Estados Unidos

Guenther Steiner

O chefe da equipe Haas, Guenther Steiner, disse acreditar que uma segunda corrida nos Estados Unidos beneficiaria a Fórmula 1. Também ajudaria a promover o atual GP dos EUA e fortaleceria a base de fãs nos Estados Unidos – um mercado que a F1 tem lutado para realmente conquistar.

Uma segunda corrida em Miami estava na mira para 2019. No entanto, foi adiada por um ano, e é improvável que apareça no calendário no futuro.

Steiner disse: “Eu acho que é muito importante para a Fórmula 1 ter uma corrida nos Estados Unidos. Por um longo tempo, até que Austin entrou em cena, não havia um. Eu acho que a base de fãs está crescendo. É importante para a Fórmula 1, mas também para nós porque é o nosso GP em casa”.

“Estamos todos ansiosos por isso. Seria fantástico ter uma segunda corrida de F1 na América. Acho que chegaremos lá. Demora um pouco de tempo, mas isso vai acontecer. Acho que iria acentuar (a corrida em Austin). Há fãs suficientes, podemos chamar atenção para duas corridas. Acho que isso aumentaria a presença da F1 nos Estados Unidos e não tiraria nada do COTA”, acrescentou.

Romain Grosjean também apoiou a ideia de mais corridas nos EUA, mas foi um passo além ao dizer que precisa de mais do que apenas duas: “É a nossa corrida em casa. Para ter mais reconhecimento nos EUA, precisamos de mais de um GP, porque os fusos horários nem sempre funcionam. Não é fácil seguir a F1 na América. É diferente da NASCAR ou F-Indy. Nós provavelmente precisaríamos de mais duas ou três corridas para conseguir mais público lá”, comentou.

Quer concorrer a uma réplica do capacete do Ayrton Senna? Clique AQUI e palpite sobre quem vai vencer o GP dos EUA de Formula 1 no dia 21 deste mês!

EB - www.autoracing.com.br

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.