F1 – Haas defende patrocinador após reclamação da Red Bull

Haas

O chefe da Haas e seu piloto defenderam seu novo patrocinador, depois que o dono da Rich Energy, William Storey, disse que a equipe americana pode vencer a Red Bull em 2019.

No site da Rich Energy, a empresa britânica de bebidas energéticas claramente aponta para a Red Bull, declarando: “Esqueça as asas, a Rich Energy lhe dá chifres”.

Quanto aos comentários de Storey sobre vencer a Red Bull “na pista”, o chefe da equipe, Gunther Steiner, defendeu a Rich Energy.

“Tivemos o quarto melhor carro no grid no ano passado, a Red Bull é a terceira, então por que não deveríamos pensar em dificultar a vida deles?” ele é citado pela Speed Week.

“Se o faremos, não sei. Mas sei que, se você não tentar, não terá sucesso”, disse Steiner.

Kevin Magnussen concordou, dizendo que é bom que Storey seja “ambicioso”.

“Se você não quer enfrentar seus oponentes, não conseguirá nada”, disse o piloto dinamarquês. “Então eu não vejo nada de errado ter tal alvo”.

No entanto, Magnussen admitiu que a Haas não está pronta para vencer legitimamente a Red Bull em 2019.

“Eu não penso assim em 2019”, disse ele. “Mas quem pode dizer o que o futuro reserva?”

“Temos novos regulamentos chegando e o teto orçamentário, e ninguém sabe como isso funcionará. É preciso acreditar no sucesso para torná-lo verdadeiro”.

Magnussen disse ao jornal BT da Dinamarca: “Estamos na parte do pelotão onde é realmente competitivo”.

“A Renault e a Force India se desenvolveram muito, e a McLaren e a Williams são duas grandes equipes que nunca devem ser subestimadas”.

“Então, será muito mais do que apenas manter a posição que tivemos em 2018”, disse ele.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.