F1 – GP do Azerbaijão 2019 – Preview Autoracing

Cidade de Baku

Horário dos treinos e corrida
Sexta-feira, 26 de Abril de 2019
Treino Livre 1   06:00 – 07:30 (SporTV)
Treino Livre 2   10:00 – 11:30 (SporTV)
Sábado, 27 de Abril de 2019
Treino Livre 3   07:00 – 08:00 (SporTV)
Classificação – 10:00 – 11:00 (SporTV)
Domingo, 28 de Abril de 2019
Corrida – 09:10  (Globo)

Circuito de Baku – Azerbaijão
O desafio de engenharia para o circuito da linda cidade de Baku é ter velocidade da linha reta e ao mesmo tempo aderência em curvas de baixa. Os níveis de downforce só são mais altos que Monza, mas Baku não possui curvas de alta velocidade para energizar os pneus. Então o problema é tirar todo o downforce possível do carro e mesmo assim garantir que os pneus consigam trabalhar na sua janela de operação.

A curva mais complicada é a 15. A curva tem uma aproximação estreita e em descida e o piloto precisa usar toda a pista disponível na entrada para ser rápido. Mas cuidado: carregue muita velocidade e arrisque-se a bater na barreira externa na saída dela. A freada para a curva 1 também é muito complicada. O carro vem a velocidades de até 365 kph nos dois quilômetros anteriores, de modo que os freios estão frios na hora em que o piloto precisa muito deles. É fácil travar uma roda nestas condições, perder a tangência e ainda bater no muro.

Como o circuito de Baku é uma pista de rua usada apenas uma vez por ano, os níveis de aderência são ruins no começo (TL1), mas as condições melhoram à medida que a linha de corrida vai sendo formada e a borracha é colocada. Em 2016, 2017 e 2018, as três únicas corridas que tivemos nessa pista de rua até agora, elas foram sensacionais, uma das melhores dos campeonatos nos três anos!

São Paulo - Baku são 18h55min de voo

São Paulo – Baku são 18h55min de voo

Veja a escolha de compostos de pneus por piloto:

 

Freada para a curva 1

Velocidade inicial 330 km/h
Velocidade final 124 km/h
Desaceleração total 206 km/h
Distância de frenagem 106 metros
Desaceleração máxima 5,5 g
Pressão no pedal do freio 131 kg
Potência de frenagem 2.857 kw

 

Baku – Circuito de rua

 f1-pista-baku

Tamanho da pista: 6,003 km
Corrida total: 51 voltas (306,049 km)
Aceleração plena: 56%
Velocidade máxima: 365 kph (estimada)
Consumo de freio: Médio
Nível de downforce: Médio / Alto
Recorde da pista (em corrida) 1’43.441(Sebastian Vettel, 2017)
Consumo por volta: 2,1 kg
Zonas de DRS 2, reta do box e após a curva 2
Perda no pit lane: 22 segundos
Pneus para 2019: Duro (C2). Médio (C3) e Macio (C4)
Melhor tempo no TL1 em 2018 1’44.242 – Valtteri Bottas
Melhor tempo no TL2 em 2018 1’42.795 – Daniel Ricciardo
Melhor tempo no TL3 em 2018 1’43.091 – Sebastian Vettel
Pole em 2018 1’41.498 – Sebastian Vettel
Vencedor em 2018 1:43’44.291 – Lewis Hamilton

Últimos resultados no Azerbaijão

Vitórias
2018 Lewis Hamilton
2017 Daniel Ricciardo
2016 Nico Rosberg
2015
2014
2013
2012
Poles
2018 Sebastian Vettel
2017 Lewis Hamilton
2016 Nico Rosberg
2015
2014
2013
2012
VMR
2018 Valtteri Bottas
2017 Sebastian Vettel
2016 Nico Rosberg
2015
2014
2013
2012

Previsão do tempo para Baku
Sexta-feira
Mínima de 10º e máxima de 18º
Parcialmente nublado, 5% de possibilidade de chuva no TL1 e TL2
Sábado
Mínima de 11º e máxima de 17º
Ensolarado, sem possibilidade de chuva no TL3 e classificação
Domingo
Mínima de 11º e máxima de 18º
Ensolarado, sem possibilidade de chuva na corrida

Bolsa de apostas em Londres
Para x para cada 1,00 apostado

 

Pole onboard de Lewis Hamilton em 2017 x Sebastian Vettel em 2018

 

AS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.