F1 – GP da Inglaterra em circuito de rua não seria “apropriado”

GP da Inglaterra em Silverstone

Um GP da Inglaterra em circuito de rua não seria “apropriado”, de acordo com David Richards, presidente do Motorsport UK – que insiste que Silverstone é o único local viável para o evento.

Richards, chefe da Prodrive e campeão mundial de rally como navegador em 1981, é presidente da entidade que governa o automobilismo no Reino Unido desde janeiro deste ano, e afirma que é “crítico” que a Inglaterra mantenha uma prova de F1 em meio às preocupações de que o país poderia ser excluído do calendário em 2020.

Em julho de 2017, o British Racing Drivers’ Club, proprietário e operador de Silverstone, exerceu uma cláusula de quebra com a Liberty Media, significando que um novo acordo – ainda não assinado – será necessário para 2020. O evento do próximo ano está garantido e será o último antes da cláusula de quebra entrar em vigor.

Existem rumores a respeito de uma corrida nas ruas de Londres há mais de 10 anos, mas tal evento enfrentaria problemas logísticos como o fechamento e o trabalho para fazer as melhorias necessárias nas movimentadas ruas da capital britânica.

“Na minha opinião, Silverstone é o único local que pode sediar a corrida”, declarou Richards ao site Autosport. “Fazer algo em um lugar diferente como um circuito de rua não é apropriado porque não deixa um legado e usa a infraestrutura que construímos ao longo dos anos”.

“Na minha visão, é crítico para a boa saúde do automobilismo neste país que tenhamos uma prova de F1”.

Quer concorrer a uma réplica do capacete do Ayrton Senna? Clique AQUI e palpite sobre quem vai vencer o GP de Abu Dhabi de Formula 1 em 25 de novembro!

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.