F1 – GP da França 2019 – Preview Autoracing

Largada – GP da França de 2018

Horário dos treinos e corrida
Sexta-feira, 21 de Junho de 2019
Treino Livre 1   07:00 – 08:30 (SporTV)
Treino Livre 2   11:00 – 12:30 (SporTV)
Sábado, 22 de Junho de 2019
Treino Livre 3   08:00 – 09:00 (SporTV)
Classificação – 10:00 – 12:00 (SporTV)
Domingo, 23 de Junho de 2019
Corrida – 10:10  (Globo)

GP da França e Paul Ricard
O GP da França, que ficou fora da F1 por 10 anos, é o mais antigo do mundo. Como podemos ter tanta certeza? Simples: sediou a primeira corrida automobilística que se tem notícia em 1906, o primeiro evento internacional a ser rotulado como um grande prêmio. Bastante conclusivo, né?

1906: “O primeiro grande prêmio de todos os tempos”
Essa corrida de 1906 foi realizada ao longo de dois dias, seguindo estradas públicas de terra que formavam um enorme circuito triangular de 65 milhas que unia três cidades ao redor de Le Mans. Mesmo em um estágio tão formativo, o primeiro grande prêmio continha semelhanças com o esporte que conhecemos hoje: fotos do evento mostram cartazes publicitários, espectadores em segurança atrás de cercas e assistindo de arquibancadas, e até mesmo reabastecimento no meio da corrida e troca de pneus nos boxes.

O piloto húngaro Ferenc Szisz, dirigindo um Renault, venceu o evento inaugural, completando mais de 12 horas atrás do volante, e definindo uma velocidade máxima de 154,46 kph.

Paul Ricard
(14 corridas, 1971, 1973, 1975, 1976, 1978, 1980, 1982, 1983, 1985 – 1990, 2018)

Quando apareceu no calendário em 1971, o Circuit Paul Ricard era uma instalação de última geração novinha em folha, com amplas áreas de escape, uma sequência desafiadora de curvas e a Mistral, uma poderosa reta de 1.9 km de extensão.

A pista foi cortada apenas duas semanas antes da corrida de 1986, quando Elio de Angelis perdeu a vida tragicamente depois de ter sofrido um acidente nos esses de alta durante os testes pré-corrida. O novo circuito sofreu mudanças, mas ainda era forte e eficaz. Em 1988, foi o local para uma ultrapassagem sublime de Alain Prost em Ayrton Senna – que não um piloto que você ultrapassava facilmente, ou muitas vezes – quando o francês atacou o brasileiro durante a frenagem da Beausset, enquanto Senna lutava para ultrapassar um retardatário

Em 2018, a pista retornou em toda a sua glória, com uma chicane no meio da reta Mistral para proporcionar mais um ponto de ultrapassagem, uma vez que curva após a Mistral é de altíssima velocidade e praticamente impossível de ultrapassar…

Localizado entre as cidades de Marselha e Toulon, na Riviera Francesa, o circuito apresenta uma distribuição uniforme de curvas de alta, média e baixa velocidade e, por esses motivos, é um dos circuitos de teste mais utilizados no mundo. Junto com isso, as áreas de escoamento em vermelho e azul são distintas na cor e projetadas para evitar a necessidade de caixa de brita.

O traçado do circuito escolhido para a corrida tem 5,8 km de comprimento e inclui várias retas longas e algumas curvas exigentes, como a Signes (T10) – uma curva de alta à direita no final da reta Mistral – e a ‘dupla direita’ no T11. são as mais significativas.

A Pirelli disponibilizou os três compostos intermediários da sua gama, a mesma combinação que foi usada na Austrália, na China e no Azerbaijão, e isso provavelmente levará a uma variedade de estratégias de uma ou duas paradas.

O circuito de Paul Ricard fica 823 km ao sul de Paris, em Le Castellet

Veja a escolha de compostos de pneus por piloto:

Freada para a Curva 8

Velocidade inicial 340 km/h
Velocidade final 137 km/h
Distância de frenagem 123 metros
Tempo de frenagem 2 segundos
Desaceleração máxima 5,3 g
Pressão no pedal do freio 142 kg
Potência de frenagem 2617 kw

Circuit Paul Ricard

Tamanho da pista: 5,842 km
Corrida total: 53 voltas (309,626 km)
Aceleração plena:
Velocidade máxima: 343 kph 0 Valtteri Bottas em 2018
Consumo de freio: Alto
Nível de downforce: Médio
Recorde da pista (em corrida) 1’34.225 por Valtteri Bottas em 2018
Consumo por volta: 1,88 kg
Zonas de DRS 2, reta do box e entre as curvas 7 e 8
Perda no pit lane:
Pneus para 2018: C2 (Duro) C3 (Médio) e C4 (Macio)
Melhor tempo no TL1 em 2018 1’32.231 – Lewis Hamilton
Melhor tempo no TL2 em 2018 1’32.539 – Lewis Hamilton
Melhor tempo no TL3 em 2018 1’33.666 – Valtteri Bottas
Pole em 2018 1’04.402 – Lewis Hamilton
Vencedor em 2018 1:33’29.606 – Lewis Hamilton

Últimos resultados na França 

Vitórias
2018 Lewis Hamilton
2008 Felipe Massa
2007 Kimi Raikkonen
2006 M. Schumacher
2005 Fernando Alonso
2004 M. Schumacher
Poles
2018 Lewis Hamilton
2008 Kimi Raikkonen
2007 Felipe Massa
2006 M. Schumacher
2005 Fernando Alonso
2004 Fernando Alonso
VMR
2018 Valtteri Bottas
2008 Kimi Raikkonen
2007 Felipe Massa
2006 M. Schumacher
2005 Kimi Raikkonen
2004 M. Schumacher


Previsão do tempo para Le Castellet

Sexta-feira
Mínima de 15º e máxima de 28º
Parcialmente nublado, sem possibilidade de chuva no TL1 e TL2
Sábado
Mínima de 16º e máxima de 29º
Ensolarado, 10% de possibilidade de chuva na classificação
Domingo
Mínima de 16º e máxima de 30º
Ensolarado, sem possibilidade de chuva na corrida

Bolsa de apostas em Londres
Para x por cada 1,00 apostado

Onboard da pole de Hamilton em 2018

Largada (+15 min) GP da França em Paul Ricard em 1990

AS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.