F1 – Gasly não teme Red Bull nem Verstappen

Max Verstappen e Pierre Gasly

Pierre Gasly diz que “não tem medo” da vida em uma equipe de ponta, nem de ter o combativo Max Verstappen como companheiro de equipe.

O francês foi promovido da equipe júnior Toro Rosso para substituir o piloto da Red Bull, Daniel Ricciardo. Gasly e Verstappen, ambos com 20 e poucos anos, já se conhecem depois de serem jovens rivais no kart.

“Lembro-me de estar na pole durante as quatro baterias, mas terminamos em duas delas juntos na grama”, disse Gasly à publicação holandesa Formule 1 ao se lembrar de uma corrida em particular na Itália.

“Max já era muito agressivo na época. Nós nos respeitávamos e fazíamos corridas duras, mas não tínhamos um relacionamento próximo”, revelou ele.

Mas ele disse que acabou se tornando amigo de Verstappen “apesar de termos percorrido caminhos diferentes” até o topo da F1. Isso significa que Gasly é um ano mais velho do que Verstappen, mas é o holandês mais jovem que tem reputação estabelecida e vitórias em GPs.

Perguntado se ele sente essa pressão, Gasly respondeu: “Eu sempre tive pressão. É por isso que não tenho medo disso na Red Bull no próximo ano, porque estou acostumado com isso. Estou ansioso para o duelo com Max”.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.