F1 – FIA: Sem problema com área de escape “inaceitável”

Lewis Hamilton e Charles Leclerc

Michael Masi, diretor de prova da Fórmula 1, acredita que não há nada de errado com a área de escape em Hockenheim, apesar do asfalto ter sido chamado de “inaceitável” por Charles Leclerc.

Leclerc foi um dos vários pilotos que escaparam na última sequência de curvas no GP da Alemanha, escorregando em uma área molhada e batendo nas barreiras.

Lewis Hamilton e Nico Hulkenberg também bateram naquele ponto, enquanto Carlos Sainz, Kimi Raikkonen e Lando Norris tiveram incidentes naquele asfalto, que é usado como parte da pista de dragster de Hockenheim e reteve mais água.

Masi tomou conhecimento das preocupações dos pilotos e realizou uma inspeção da área de escape após a prova, mas disse que ela não é diferente das outras pistas.

“A área de escape parece normal”, afirmou Masi. “Nós a inspecionamos outro dia e demos outra olhada depois da corrida com a água. Não há problema. Até mesmo Sebastian (Vettel) disse que normalmente é uma das partes mais aderentes do circuito, e não é diferente de nenhuma outra área de escape pintada, para ser bem honesto”.

“Acredito que foi um daqueles casos onde, se você coloca água na área de escape pintada, mesmo fazendo tudo para garantir que seja uma tinta antiderrapante, ainda é mais escorregadio do que o asfalto não pintado”.

Ao ser questionado se sua principal mensagem para os pilotos é para não sair do circuito, Masi respondeu: “Correto. Isso se chama controle dos limites da pista”.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.