F1 – FIA pode impor o halo por razões de segurança

Dispositivo de segurança de cockpit Halo

Dispositivo de segurança de cockpit Halo

A FIA pode ter que forçar a implantação do halo por razões de segurança para ter o dispositivo de proteção do cockpit em carros da Fórmula 1 em 2017, segundo o site Autosport.

A última reunião do Grupo de Estratégia terá lugar em Genebra na quinta-feira, com a potencial introdução do halo como um dos principais itens da agenda.

Os indícios são que os votos serão contra o halo, a menos que o presidente da FIA Jean Todt possa acalmar as preocupações que o dispositivo precisa amadurecer e está sendo apressado, apesar de passar nos testes.

Sob as regras, sua introdução agora exige o voto unânime do Grupo de Estratégia, que é apenas um órgão consultivo, antes de serem encaminhados para a Comissão de F1, onde seria necessário novamente a unanimidade.

Todt e Bernie Ecclestone possuem seis votos cada no Grupo de Estratégia, enquanto as seis equipes envolvidas têm um voto cada.

Isso requer apenas um voto contra dentro do Grupo de Estratégia, e, novamente, na Comissão de F1, onde todas as equipes estão representadas, para o halo ser arquivado.

A FIA pode decidir utilizar o seu trunfo em tais situações e declarar o halo como uma parte das regras técnicas para 2017, por razões de segurança.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.