F1 – FIA pode implementar sistema automatizado de bandeirada

Bandeira quadriculada no GP do Canadá

Charlie Whiting, diretor de prova da Fórmula 1, diz que lições serão aprendidas após a bandeirada prematura no GP do Canadá e sugeriu um sistema automatizado no futuro.

A bandeira quadriculada foi agitada pela modelo Winnie Harlow na 69ª das 70 voltas em Montreal porque um comissário local cometeu um erro e lhe disse que era a última volta.

Whiting afirmou que agora vai considerar a possibilidade de ter o sinal oficial do final da prova mostrado em um painel de luzes acima de linha de chegada, o que anularia quaisquer problemas com a bandeira quadriculada.

“Acho que provavelmente precisamos pensar em ter um sinal melhor do final da corrida”, declarou Whiting. “A bandeira quadriculada é tradicional, mas é algo suscetível a erros, como vimos”.

“Seria bastante simples para nós fazer o grande painel preto mostrar uma bandeira quadriculada no momento apropriado. Mas se isso será feito automaticamente, você tem de analisar exatamente quando ativar o sistema”.

“Não é completamente simples, exige um pouco de reflexão. Precisamos tentar chegar a uma situação onde os pilotos olhem apenas a bandeira quadriculada no painel de luzes. Se eles não enxergarem isso, a corrida não terminou”.

“É discutível se precisamos ir tão longe para corrigir uma situação que acontece a cada 10 anos. No entanto, certamente é algo que vou analisar”.

 

LS - www.autoracing.com.br

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.