F1 – FIA ameaça punir pilotos que passarem dos limites em Hungaroring

Charlie Whiting

Charlie Whiting

Charlie Whiting alertou que os pilotos deverão receber penalidades de drive-through se excederem repetidamente os limites da pista no GP da Hungria. Novas zebras em uma recapeada pista de Hungaroring resultaram em repressão, com sensores eletrônicos instalados nas curvas 4 e 11 para medir se os pilotos estão ganhando vantagem.

O diretor de corridas da FIA explicou aos pilotos que haverá “tolerância zero” durante a classificação e que depois de três advertências na corrida, haverá denúncia para os comissários. “Vamos adotar uma abordagem tolerância zero para os carros que saem da pista nas curvas 4 e 11 durante a classificação”, dizia uma nota emitida às equipes na manhã de sábado.

“Por favor, notem que haverá julgamento pelo uso das zebras e, para garantir que não veremos falsos cruzamentos, gostaríamos de deixar claro que os loops são criados para registrar quando um carro está aproximadamente 20 centímetros além da linha branca. Toda volta realizada deixando a pista será excluída”, prosseguiu.

“Durante a corrida, qualquer piloto que for julgado por ter deixado a pista três vezes nessas curvas (quando contado cumulativamente) receberá uma bandeira preta e branca. Uma outra passagem resultará em um relato aos comissários, por não ter feito todos os esforços possíveis para utilizar a pista. Como discutido (no briefing dos pilotos), é provável que isso resultará em uma penalidade de drive-through”, explicou Whiting.

“Se avaliarmos que um piloto saiu da pista nestes pontos por motivos alheios à sua vontade, tendo sido forçado a sair da pista, por exemplo, os tempos de volta não serão eliminados durante a classificação nem tal travessia será contabilizada na corrida”, concluiu a nota.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.