F1 – Ferrari: Vettel lamenta e Leclerc comemora

Charles Leclerc em Paul Ricard 2019

Sebastian Vettel deu algumas desculpas para seu desempenho fraco na classificação para o GP da França depois que ele só conseguiu ser P7 no grid em Paul Ricard. Com a Mercedes melhor, Lewis Hamilton liderando Valtteri Bottas na primeira fila, Vettel mais uma vez errou sob pressão.

Vettel estava a mais de 1,4 segundo do tempo da pole de Hamilton, com a dupla da McLaren Lando Norris e Carlos Sainz também superando o alemão.

Vettel relatou uma troca de marcha não feita em sua primeira tentativa no Q3, da qual ele desistiu, mas admitiu que não havia nada que o impedisse de entregar quando ele teve uma volta limpa.

“Eu não sei o que aconteceu, eu perdi tanto impulso que não adiantava terminar essa volta”, disse Vettel à Sky Sports em sua primeira volta voadora.

“Altos e baixos. Algumas voltas me senti bem, outras não. No final, não tirei o melhor proveito do carro, o que não é satisfatório.”

“Foi difícil para mim, porque algumas voltas foi muito boas e estava chegando, e algumas voltas eu não sei porque eu não tinha o controle como antes. Uma pena que aconteceu no Q3, teria sido melhor ser mais lento nos outros segmentos, mas é o que é.”

Vettel revelou que a Ferrari removeu muitas das atualizações que foram trazidas para Le Castellet, e ele espera que as McLarens forneçam pouca resistência na corrida, apesar de seu forte fim de semana até agora.

“Nós revertemos na maioria das atualizações, então obviamente não demos o passo que esperávamos”, ele disse. “Mas acho que temos bom ritmo para ter uma boa corrida, a Mercedes está longe, mas devemos disputar com a Red Bull.”

Enquanto isso, Charles Leclerc explicou que estava preocupado em sair para sua última tentativa do Q3 antes do tempo acabar, pedindo à Ferrari para dizer ao companheiro de equipe Sebastian Vettel para guiar mais rápido.

Leclerc garantiu o P3 no grid para a Ferrari. O piloto de 21 anos teve que pedir duas vezes para Vettel para acelerar, com o alemão respondendo irritadamente que ele não estava tentando comprometer seu companheiro de equipe.

Perguntado se ele tinha receio de que Vettel afetasse sua volta, Leclerc respondeu: “Não, de jeito nenhum.”

“A única coisa é que pensei nas vezes – não me lembro exatamente quando -, estávamos bem apertados na hora de passar pela linha de chegada.

“Então é por isso que pedi à equipe para dizer a Seb para acelerar, porque eu estava bem apertado na hora, então essa foi a única razão. Mas não, claro que ele não comprometeu minha classificação.”

Foi apenas a segunda vez que Leclerc superou Vettel em classificação em 2019, após a pole position no Bahrain.

O monegasco havia lamentado seus recentes fracassos no Q3, que viram seu ritmo diminuir gradualmente, então ele ficou muito satisfeito em não ter deixado isso acontecer em Paul Ricard.

Ele disse: “Eu estava completamente ciente de que o meu ponto fraco nos últimos GPs estava sendo não colocar o carro na janela certa para o Q3, então trabalhei nisso e estou feliz por ver melhorias”.

AS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.