F1 – Ferrari quer que a FIA confirme legalidade de seu motor

Mattia Binotto

A Ferrari gostaria de um esclarecimento da FIA sobre a legalidade de seu motor de Fórmula 1 após admitir sua “irritação” com as especulações recentes.

Várias equipes escreveram à FIA buscando um esclarecimento sobre aspectos de design da unidade de potência da Ferrari que elas também querem desenvolver, mas ainda não o fizeram por causa da incerteza sobre a legalidade desses elementos.

Há sugestões de que os rivais poderiam fazer um protesto para resolver o caso de uma vez por todas – e Mattia Binotto, chefe da Ferrari, disse que ficaria feliz com isso para provar que o motor é legal.

“Existem dois aspectos”, declarou ele. “Primeiro, nós estamos irritados com os rumores porque, no passado, quando outros tinham uma grande vantagem na UP, a única reação que nós tivemos foi simplesmente trabalhar ainda mais duro a fim de melhorar nosso pacote. Nós nunca os acusamos de trapacear”.

“Acho que outras equipes são mais velozes do que nós nas curvas no momento. Não as acusamos de trapacear nas curvas, então creio que eu ficaria mais feliz se as pessoas se concentrassem em seu próprio esforço e desenvolvessem seu próprio carro”.

“Por outro lado, nós estamos tranquilos porque sabemos exatamente o que estamos fazendo. Sabemos que estamos dentro do regulamento e a FIA controla nosso pacote em todas as corridas. Eles inspecionam todos os dados disponíveis”.

“Então, o que eu deveria dizer? Espero que a FIA esclareça para todos que o que nós temos é legal e não estamos trapaceando”.

Clique AQUI para apostar no GP dos EUA

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.