F1 – Ferrari pode ver “traços” de Michael em Mick Schumacher

Mick Schumacher

O chefe da Ferrari, Mattia Binotto, revelou que a equipe de Maranello pode ver em Mick Schumacher uma amostra do seu pai, o sete vezes campeão do mundo Michael Schumacher.

Binotto afirmou que a chegada de Schumacher não trouxe lembranças imediatas do pai, mas depois de trabalhar um pouco mais com os técnicos da equipe italiana, começaram a surgir vislumbres.

O campeão da Fórmula 3, de 20 anos, estreou em um carro de F1 pela Ferrari no primeiro dia de testes do Bahrain nesta temporada e, no dia seguinte, passou para a Alfa Romeo Racing para ganhar uma valiosa experiência na F1.

“A primeira vez que o vi depois de muitos anos em Maranello, quando ele regressou, se olharmos para ele, achei que não se parecia muito com o Michael”, disse Binotto, conforme citado pelo site Crash.net.

“Mas a forma como ele se comporta é muito semelhante e a forma como aborda o exercício, como está interessado no carro, discutindo-o com os técnicos. Então, mesmo em Maranello, ele está sempre na oficina olhando para o carro, falando com os mecânicos, e eu acho que nisso é muito parecido com o pai dele”, explicou.

Binotto considera injusto analisar o primeiro dia de testes de Schumacher pela Scuderia, já que o teste foi em chuva forte, sendo também a sua estreia num carro de F1.

“Para avaliar o desempenho, acho que é muito difícil porque primeiro, as condições climáticas foram muito ruins nesse dia e porque, no final, penso que o objetivo não era realmente avaliar o desempenho”, concluiu Binotto.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.