F1 – Ferrari não está interessada na Fórmula E

Ferrari

O chefe da Fórmula E, Alejandro Agag, acredita que é possível que haja uma “cooperação” entre a série elétrica e a F1 no futuro. O ex-supremo da F1, Bernie Ecclestone, advertiu recentemente que a Fórmula E, baseada nas ruas, pode representar uma ameaça à Fórmula 1.

“Se a cabeça decidir e não o coração, eu escolheria a Fórmula E”, disse Ecclestone ao jornal Blick. “Há muito mais oportunidades de expansão e mais oportunidades comerciais”.

Agag, o fundador e chefe da Fórmula E, disse que falou com o veterano de 88 anos no dia seguinte àquele em que fez os comentários. “Acho que a F1 não tem nada para se preocupar com a Fórmula E”, afirmou ele ao site tuttomotoriweb.com. “Nunca haverá um confronto entre nós, somos compatíveis. Talvez uma cooperação no futuro, por que não?”

O ex-piloto de F1 Jerome d’Ambrosio, agora líder do campeonato da Fórmula E, disse que prevê que até mesmo a Ferrari vá considerar a série “em um determinado momento”. “Acho que em 10-15-20 anos os carros serão todos elétricos”, opinou ele.

Mas Agag minimizou as sugestões de que a Ferrari logo considerará a Fórmula E. “Eu os convidei, mas até agora não há notícias desse lado. Eu não ouvi nada deles, nem mesmo um interesse”.

No entanto, o piloto da Red Bull Max Verstappen espera que a F1 resista à atração da energia elétrica durante algum tempo. Questionado sobre como será a F1 para o seu 2000º GP nas próximas décadas, o holandês respondeu: “Esperemos que não seja elétrica”.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.