F1 – Ferrari admite que levará tempo para melhorar

Maurizio Arrivabene e Sergio Marchionne

Os novos chefes da Ferrari dizem que não haverá soluções rápidas para a equipe em sua tentativa de se recuperar da péssima temporada 2014.

A orgazição baseada em Maranello vem passando por uma reestruturação intensa, e o novo chefe Maurizio Arrivabene disse que “duas ou três vitórias” em 2015 seriam satisfatórias, acrescentando: “Se vencermos quatro, estaremos no paraíso”.

Sergio Marchionne, presidente da Ferrari, também expressou cautela sobre o quão rapidamente a Ferrari pode ganhar performance, argumentando que as fundações da dominante Mercedes em 2014 foram estabelecidas com pelo menos dois anos de antecedência.

“Em minhas conversas com Toto Wolff e Dieter Zetsche (chefes da Mercedes), o processo que lhes permitiu ter esse ano incrível em 2014 foi uma decisão tomada há dois anos”, explicou Marchionne. “Demorou dois anos para amadurecer em termos de solução técnica. A Ferrari provavelmente poderá chegar ao mesmo ponto até o final de 2016”.

A Ferrari demitiu o diretor de engenharia Pat Fry, o projetista chefe Nikolas Tombazis e o analista de pneus Hirohide Hamashima, e contratou Jock Clear, engenheiro de performance da Mercedes, sob o comando de Arrivabene, que também se mostrou animado com os recursos e o talento na Ferrari.

“As pessoas que temos são boas, e não haverá grandes surpresas agora (em termos de contratações)”, acrescentou ele. “Precisamos de um novo sentido de espírito de equipe”.

“Nenhum homem é uma ilha – ninguém pode fazer tudo sozinho, não há milagres que possam ser feitos e não sou mágico. Temos de trabalhar como uma equipe, porque eu não acredito em sucesso individual. Acredito no sucesso em equipe”.

A Ferrari vem liderando os pedidos para que o congelamento dos motores na Fórmula 1 seja aliviado em sua tentativa de diminuir a desvantagem para a dominante unidade da Mercedes, mas a equipe ainda não conseguiu garantir uma mudança no regulamento que impede o desenvolvimento durante a temporada.

“Nenhuma alteração foi garantida”, admitiu Marchionne. “O regulamento é um verdadeiro labirinto; ele foi realmente mal escrito – deve ter sido feito por pessoas embriagadas em um bar. Precisamos simplificar as regras a fim de que até mesmo pessoas normais consigam compreendê-las”.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.