F1 – Ecclestone é contrário às ordens de equipe da Mercedes

Bernie Ecclestone e Toto Wolff

Bernie Ecclestone e Toto Wolff

Bernie Ecclestone ficou do lado de Lewis Hamilton, ao dizer que seria errado a Mercedes impor ordens de equipe após a polêmica do GP da Áustria.

Preocupado com o interesse dos fãs, Ecclestone pediu para Toto Wolff continuar deixando os dois candidatos ao título batalhar na pista pelo resto da temporada.

Ele também acrescentou que, se Nico Rosberg e Hamilton exagerarem na pista, existem os comissários para aplicar qualquer punição, se necessário.

Ecclestone acredita que Wolff vai tirar a vida de uma intensa rivalidade que é boa para a categoria, se a Mercedes decidir pelas ordens de equipe para seus pilotos.

“Eu acho que precisamos deixá-los disputar”, disse Ecclestone ao Telegraph Sport. “Se fizerem qualquer bobagem, temos os comissários para resolver o problema. As pessoas não querem ver a equipe interferir. Não é bom para o esporte nem para os fãs”.

“Falei com Toto e disse a ele exatamente o que eu lhe disse: deixem eles disputarem. Temos comissários para isso, não precisamos da equipe decidir a corrida. Se Nico vai ganhar, deixe vencer. Se Lewis vai ganhar, a mesma coisa. Não se envolva”.

“Imagine chegar à última corrida da temporada e dizer para um que não pode ultrapassar e isso decide o campeonato? Não é bom para a Fórmula 1 e não vai ser bom para a Mercedes”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.