F1 – Ecclestone defende decisão de Schumacher de se retirar

Michael Schumacher em 2012

Michael Schumacher

Conteúdo patrocinado por:

Apesar de perder uma das marcas mais fortes da F1, Bernie Ecclestone apoiou a decisão de Michael Schumacher de se aposentar. “É o momento certo para Michael parar”, disse o chefe-executivo da F1 ao jornal Express.

O britânico de 81 anos foi um grande defensor da volta do alemão sete vezes campeão do mundo há três anos. Segundo ele, a contratação de Lewis Hamilton pela Mercedes o ajudou a tomar a decisão de se retirar novamente do esporte.

“Eu acho que é bom quando alguém vem e ajuda você a tomar uma decisão. Isso acontece pelas razões certas normalmente”, prosseguiu Ecclestone, que está preocupado, no entanto, com uma possível falta de foco de Schumacher nas últimas seis corridas deste ano, o que poderia ser perigoso.

“Que Deus permita que nada aconteça com um piloto tão grande nas próximas corridas, com ele ansioso por uma nova vida”, torce o chefe-executivo, que lembra da primeira aposentadoria de Niki Lauda em 1979, durante os treinos para o GP do Canadá.

“Eu disse a ele que, se for se aposentar, que vá agora, não espere. E o Niki fez isso. Tirou seu macacão e seu capacete e se foi. Foi a coisa certa a se fazer”, finalizou Ecclestone.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.