F1 – Ecclestone apoia criticados pneus Pirelli

Bernie Ecclestone

Bernie Ecclestone apoiou a Pirelli, em meio a críticas à fornecedora italiana de pneus em 2019.

Recentemente, o chefe da Haas, Gunther Steiner, criticou a situação dos pneus este ano, dizendo que “não era a Fórmula 1”. “Não devemos estar constantemente falando sobre se um pneu funciona”, disse ele.

A grande queixa é que a chamada “janela de operação do pneu” é muito estreita, enquanto os novos Pirellis são difíceis de se manter à temperatura. Isto apesar de a Haas ter sido competitiva nos testes de Inverno em Barcelona, enquanto as quatro primeiras corridas do ano foram difíceis para a equipe americana.

Steiner declarou: “Se for o mesmo em Barcelona, já não entendo o mundo”.

“Penso que no passado a Mercedes por vezes tinha problemas com o sobreaquecimento dos pneus. Os pneus novos estão fazendo o contrário”, afirmou Sebastian Vettel, da Ferrari. “Nosso carro não era ruim em Baku, mas era difícil encontrar a janela de operação dos pneus”.

Andy Green, o chefe técnico da Racing Point, admite que os pneus são uma grande preocupação para as equipes nesta temporada. “Infelizmente muda de pista para pista, de asfalto para asfalto. Temos que aprender sempre”, comentou ele à revista alemã Auto Motor und Sport.

Steiner continuou: “A Pirelli mudou o design dos pneus. O piso é mais fino e por isso é mais difícil manter o calor neles”.

A Mercedes venceu as quatro corridas deste ano, mas o antigo chefe da F1 Bernie Ecclestone salientou que, em todas essas corridas, a hierarquia parecia estar em risco. “Imagine se todos entendessem os pneus. Então a ordem seria sempre a mesma”, concluiu ele.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.