F1 – “Desiludido”, Alan Jones pode abandonar cargo de comissário

Alan Jones

Alan Jones, campeão mundial de 1980, indicou que pode abandonar seu cargo de comissário da Fórmula 1.

O australiano de 72 anos disse ao site speedcafe.com que está pensando em fazer isso para poder ser mais crítico em relação a como os comissários da categoria operam.

“No fim das contas, digamos que eu estou um pouco desiludido com a F1 no momento, a ponto de estar pensando seriamente em abandonar minha função de comissário”, declarou Jones. “Eu discordo totalmente de muitas maneiras ou das direções que eles estão seguindo, e obviamente você não pode criticá-los se é um funcionário deles”.

Vários incidentes na pista e as reações dos comissários foram altamente controversos em 2019, e Jones culpa claramente as regras severas da F1.

“Eles distribuem um livro, o livro dos comissários, e a página cinco, parágrafo três, linha quatro diz que se uma peça da bateria cair, esta é a punição que será aplicada. O comissário deveria estar lá para ter um certo nível de discrição, e afinal, por que ter um ex-piloto na sala dos comissários se você não pode dizer a eles ‘não, eu acredito honestamente que foi um incidente de corrida’ ou algo assim?”

Jones ainda não atuou como comissário da FIA em 2019.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.