F1 – Dennis: Dor da McLaren é auto-infligida

McLaren-Honda

Ron Dennis acredita que a “dor bastante aguda” que McLaren e Honda estão sentindo foi auto-infligida, já que elas tiveram pressa demais em sua parceria na Fórmula 1.

Antes do GP do Japão do ano passado, o CEO do Grupo McLaren proclamou orgulhosamente que a unidade de potência da Honda era uma “joia”, “estonteante”, e que “a competitividade do motor estará fora de questão”.

Após outro péssimo resultado em Suzuka, Dennis foi forçado a defender a falta de progresso em 2015.

“O prazo em termos de motor é muito controlado pelo que é uma mudança de posição nas fichas, o congelamento de componentes específicos”, disse Dennis. “Você só introduz uma mudança com as fichas quando há uma melhoria significativa do motor, e, teoricamente, em um mundo ideal, deveria ser a cada quatro corridas”.

“Nós tentamos progredir mais rapidamente e isso afetou a confiabilidade, tornou a coisa toda mais desafiadora. No fim, esta dor bastante aguda que até certo ponto é auto-infligida é a maneira mais rápida de voltar à posição onde precisamos estar”.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.