F1 – De Ferran: Renault não é o primeiro alvo da McLaren

McLaren

O diretor esportivo da McLaren, Gil de Ferran, afirmou que sua equipe não deve se concentrar apenas em sua fornecedora de unidades de potência, a Renault, como seu “primeiro alvo” a ser batido na Fórmula 1.

Após as três primeiras corridas da temporada, a McLaren está separada por três lugares e o mesmo número de pontos da equipe francesa. Mas, quando perguntado pelo site RaceFans se a Renault é o primeiro alvo que a McLaren quer vencer, de Ferran respondeu:

“Pessoalmente, não vejo as coisas dessa forma. A Renault fez um ótimo trabalho para nós este ano como parceira da unidade de potência. Eles definitivamente deram um passo em frente e nos entregaram uma unidade de potência mais potente, e acho que o nosso objetivo é continuar avançando, independentemente de quem está à frente” comentou.

“Eu me lembro de quando era piloto. Algumas pessoas gostam de se concentrar em um inimigo. Eu não penso assim. Nós, como grupo, só podemos controlar o que fazemos e é nisso que precisamos nos concentrar e continuar a avançar. E, francamente, nada de descanso até sermos P1 e P2”, prosseguiu.

De Ferran acredita que o progresso é evidente na McLaren, desde a sua separação da antigo fornecedora de motores, a Honda, no final da temporada 2017. “Trabalhando dia após dia parece que sim”, continuou de Ferran.

“Obviamente, não estamos lutando por vitórias neste momento, mas penso que evoluímos um pouco na nossa compreensão do que precisamos de fazer e do que precisamos em um carro de Fórmula 1”, declarou ele.

“Este carro parece ser um pequeno passo em frente em relação ao ano passado. Mas certamente não temos ilusões. Ainda sabemos que temos muito trabalho pela frente, disse isso durante os testes de inverno e as primeiras corridas, e a mentalidade não mudou”, finalizou.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.