F1 – Comissários assumiram abordagem mais branda desde a Áustria

Derek Warwick

Um comissário da Fórmula 1 contradisse a afirmação do diretor de corridas Michael Masi, de que os oficiais não se tornaram mais lenientes com os pilotos.

Na semana passada, Masi – que no início de 2019 substituiu Charlie Whiting após a sua morte – negou que os comissários da FIA foram mais brandos do que o habitual em Silverstone.

Aclamado como um dos mais emocionantes GPs mais recentes, foi notável que, apesar de mais ação roda-a-roda do que o habitual, menos penalizações foram realmente dadas aos pilotos nos duelos.

“Foram principalmente as características da pista que levaram aos duelos”, insistiu Masi. “A corrida foi julgada de acordo com os mesmos padrões de antes”.

Mas em Hockenheim, o antigo piloto de F1 Derek Warwick – atuando como representante dos pilotos no painel de comissários – contradisse a avaliação de Masi. Ele sugeriu que a FIA tem uma nova abordagem que contribuiu para o sucesso das corridas na Áustria e em Silverstone.

“O que aconteceu na Áustria nos deu uma nova direção”, disse Warwick, citado pela revista alemã Auto Motor und Sport. “O veredicto de Verstappen e de Leclerc foi no limite, mas justificável”, acrescentou.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.