F1 – Comentários pós corrida – McLaren – GP da Espanha

l_hamilton-2Lewis Hamilton, 2º colocado
Fiquei positivamente surpreso com nossa velocidade hoje. Em ritmo de corrida, creio que na realidade estávamos mais velozes do que as Red Bulls, exceto nas seções de alta. Eu forcei ao máximo durante toda a tarde e estou realmente feliz com o resultado – mais algumas voltas e a ordem na frente poderia ter sido diferente, mas fiquei sem tempo no final. Apesar do DRS, ainda é muito difícil ultrapassar nesta pista – você não consegue seguir outro carro de perto nas curvas 3 ou 9, isso dificulta bastante as coisas. Eu também estava no ar sujo de Sebastian e o carro estava escorregando muito – foi incrivelmente difícil ficar atrás dele. Provavelmente, ainda estamos perdendo demais na classificação, mas nosso ritmo de corrida está lá. Portanto, vamos analisar maneiras de melhorar nosso ritmo de classificação. Também fiquei realmente feliz por ver Jenson se recuperar e terminar no pódio – um ótimo resultado para a equipe. Agora, já estou ansioso por Mônaco – é um circuito onde a pressão aerodinâmica em alta velocidade é menos crítica e o piloto pode fazer a diferença, portanto deverá ser uma boa pista para nós.

Jenson Button, 3º colocado
Tive uma largada terrível e fiquei por fora nas curvas 1 e 3, onde perdi mais posições. Estava em 10º no final da primeira volta, o que foi extremamente decepcionante. Depois disso, eu não achava que o terceiro lugar seria possível, mas como os outros fizeram suas paradas tão cedo e meus pneus ainda estavam bons, comecei a pensar que poderia dar certo. Após a Turquia, foi realmente fantástico fazer a estratégia funcionar para mim hoje. Continuamos com os opcionais pelo maior tempo possível, e fiz três pit-stops contra quatro dos outros – e o resultado foi que tive uma ótima prova. Ultrapassei Mark (Webber) e Fernando (Alonso) em uma única volta. Eu sabia que não alcançaria os dois primeiros, mas forcei ao máximo caso ocorresse algo à minha frente. A vida útil destes pneus Pirelli é como um interruptor – quando você perde os traseiros, os tempos de volta despencam. Fizemos tudo certo hoje – e quando eu finalmente coloquei os primários, o circuito estava em boas condições e o pneu funcionou muito bem. Finalmente, quero agradecer muito a equipe hoje – escolhemos uma estratégia fantástica, os pit-stops foram perfeitos e fizemos tudo funcionar. Foi o resultado de um super esforço de equipe.
Martin Whitmarsh, chefe da equipe
Jenson caiu para 10º lugar na primeira volta, e a partir daí, teve de se recuperar. Porém, usando uma estratégia de três paradas elaborada em resposta a isso, ele conseguiu. Pilotou muito bem, equilibrando a velocidade necessária com a exigência igualmente crucial de cuidar de seus pneus, e o resultado foi que terminou no pódio ao lado de Sebastian e Lewis. Foi uma dessas atuações que marca um verdadeiro campeão mundial. Quanto a Lewis, ele fez outra corrida incrível, lutando com Sebastian da largada à bandeirada. Provavelmente, é justo dizer que a Red Bull ainda está um pouco mais rápida do que nós na classificação, mas Lewis mostrou nesta tarde que, em corrida, deveremos conseguir acompanhá-los o tempo todo. De fato, Lewis estava tentando ultrapassar Sebastian nas últimas voltas – a batalha deles deve ter sido um final emocionante para os espectadores – mas ele acabou não conseguindo. De qualquer maneira, pilotou brilhantemente. Resumindo, marcamos 33 pontos no campeonato hoje, o que é outro número decente. Mas queremos vencer e pretendemos fazê-lo, nos esforçaremos ao máximo para isso nas famosas ruas desafiadoras de Monte Carlo daqui a alguns dias.

Tags
, , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.