F1 – Comentários pós classificação – Racing Point Force India – GP do Brasil 2018

Sergio Perez

Sergio Perez, 12º colocado
Foi uma sessão desafiadora e é decepcionante ficar fora da Q3 por uma margem tão pequena. Tem sido um fim de semana difícil até agora, perdendo muito tempo de pista em um circuito onde meio décimo pode fazer uma grande diferença. A verdade é que não fomos tão competitivos quanto esperávamos, mas acho que ainda podemos nos recuperar e ter uma corrida forte amanhã. Nós realmente enfrentamos dificuldades na Q1, quando tivemos de usar um jogo extra de pneus só para avançar para a Q2, significando que tínhamos apenas pneus usados quando a pista estava melhorando no fim da Q2 e não pudemos baixar o tempo. Creio que nosso ritmo real é melhor do que a velocidade que mostramos hoje, e se largarmos bem, estaremos em posição de lutar por pontos. O tempo ainda pode ter um grande papel, então tentaremos recuperar um pouco do terreno que perdemos hoje.

Esteban Ocon, 18º colocado
Não foi uma grande classificação. Por várias razões, as coisas simplesmente não deram certo para nós. Fizemos uma mudança de acerto entre o último treino livre e a classificação, e isso realmente não trouxe o benefício que precisávamos. Portanto, o carro não estava ideal na classificação. Antes da sessão, eu achava que tínhamos potencial para chegar à Q3, mas não funcionou para nós. Também preciso cumprir a punição no grid e largarei atrás, tornando a prova ainda mais difícil. Talvez um pouco de chuva amanhã favoreça minha recuperação e a possibilidade de lutar por pontos.

Quer concorrer a uma réplica do capacete do Ayrton Senna? Clique AQUI e palpite sobre quem vai vencer o GP do Brasil de Formula 1 em 11 de novembro!

 

LS - www.autoracing.com.br

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.