F1 – Claire: Williams não pode ter outro ano como esse

Williams

Williams

A vice-diretora da Williams, Claire Williams, disse que a equipe realizou um exame minucioso de suas operações para aumentar seu poder em 2018. A equipe cliente da Mercedes está em uma temporada difícil, tendo obtido um único pódio até agora no Azerbaijão.

Está em quinto lugar no campeonato de construtores com 45 pontos, menos da metade do que teve em 12 corridas na última temporada. Claire afirma que Paddy Lowe, que se juntou à equipe vindo da Mercedes como diretor técnico, investigou o que a equipe precisa fazer para se tornar competitiva novamente.

“Como você esperaria, alguém do calibre de Paddy tem um plano”, disse Claire Williams na conferência de imprensa da FIA de hoje. “Desde que ele se juntou a nós em março deste ano, ele está realizando uma análise completa da equipe na fábrica, mas também das operações da equipe de corrida, para entender onde estão as debilidades”.

“Nós passamos por isso como um quadro. E agora estamos observando como alocamos os recursos para a frente em 2018 para que possamos solucionar esses pontos fracos. Muitas das nossas fraquezas apareceram no meio da temporada passada e não podemos entrar em outra temporada com os mesmos problemas que tivemos”, explicou ela.

“Então, temos confiança total em Paddy, mas também trouxemos uma série de outros funcionários seniores para trabalhar ao lado dele. Dirk de Beer dirige o departamento aerodinâmico também, veio da Ferrari este ano para nós. E alguns outros engenheiros seniores que, com expectativa, vão mudar as coisas para nós. Mas, como eu disse, não podemos ter mais um ano como esse”, prosseguiu a dirigente.

Felipe Massa anunciou sua aposentadoria da F1 em Monza há 12 meses, mas voltou a guiar para a equipe depois que Valtteri Bottas mudou-se para a Mercedes. Claire Williams não se manifestou se ele poderia continuar na equipe por mais um ano.

“Felipe fez um trabalho fantástico, foi um ano extra para nós. Ele muito gentilmente voltou e realmente entregou para nós. Obviamente, as últimas duas corridas foram difíceis para ele com sua questão médica. Mas estamos com isso agora e esperamos que ele vá bem no resto do ano”, comentou.

“E nós realmente precisamos esperar e ver. Eu acho que eu fui muito clara que a equipe no momento está se concentrando no campeonato de construtores. Precisamos garantir que consolidemos a nossa P5. Eu não acho que vamos fechar a lacuna (para a Force India), infelizmente, mas há muitas equipes atrás de nós que adorariam nos ultrapassar e não podemos deixar”, afirmou Claire.

“Então, para nós, o foco deve estar no desempenho de pista no momento em vez de diluir esse esforço com pensamentos sobre a formação de pilotos. Ainda há oito corridas para o final, há muito tempo para pensar para o próximo ano”, concluiu a dirigente da Williams.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.