F1 – China 2018: Ricciardo conquista vitória espetacular

Daniel Ricciardo

Daniel Ricciardo veio da sexta posição para obter uma incrível primeira vitória na temporada 2018 da Fórmula 1, enquanto Max Verstappen e Sebastian Vettel colidiram no GP da China.

Valtteri Bottas e Vettel estavam lutando pelo primeiro lugar antes de Ricciardo e Verstappen pararem novamente para colocar pneus macios novos durante um período de safety car pouco depois da metade da prova, enquanto seus rivais permaneceram com os médios.

Ricciardo então ultrapassou seu companheiro de equipe, Lewis Hamilton e Vettel em rápida sucessão antes de realizar uma fantástica manobra sobre Bottas na curva 6 e seguir rumo à vitória.

Bottas suportou a pressão de Kimi Raikkonen para chegar em segundo depois que Verstappen provocou uma rodada de Vettel no hairpin a 14 voltas do final.

Vettel liderou o primeiro stint após largar na pole, abrindo uma vantagem de pouco mais de três segundos sobre Bottas, e a Mercedes tomou a iniciativa estratégica chamando o finlandês para os boxes na 19ª passagem.

A Ferrari reagiu na volta seguinte, mas um ótimo setor intermediário de Bottas o ajudou a passar na curva 1 quando Vettel saiu dos pits. Bottas consolidou sua vantagem até Vettel ter uma breve chance de atacar quando eles alcançaram Raikkonen, que estava fazendo um primeiro stint bem mais longo.

Raikkonen segurou Bottas no hairpin, mas não teve como se defender de um ataque agressivo de seu compatriota por fora na curva 1 logo em seguida. Vettel rapidamente fez o mesmo e pressionou Bottas na curva 6, mas não conseguiu passar; Bottas voltou a abrir e já estava fora da zona do DRS quando os pilotos da Toro Rosso bateram no hairpin.

Pierre Gasly julgou mal uma manobra sobre Brendon Hartley e provocou uma rodada de ambos, deixando a pista cheia de pedaços de fibra de carbono, o que exigiu a entrada do safety car.

Verstappen e Ricciardo, que estavam em terceiro e quinto separados por Hamilton depois de um bom primeiro trecho com os pneus ultramacios, mergulharam imediatamente para os pits e retornaram em quarto e sexto.

Ricciardo superou Raikkonen, que havia acabado de trocar para os médios antes do safety car e também continuou na pista, antes de alcançar Hamilton e Verstappen. Ele deixou seu companheiro para trás quando Verstappen escapou na tentativa de passar Hamilton por fora na curva 7 e então superou o britânico no hairpin.

Ricciardo continuou acelerando e passou Vettel na reta oposta usando o DRS. Bottas deu uma pequena travada logo após Ricciardo assumir a segunda colocação, e eles estavam colados quando restavam 12 voltas.

O australiano não perdeu tempo e mergulhou por dentro de Bottas na curva 4. A partir daí, ele teve tranquilidade para vencer com uma vantagem de 8.8s, enquanto Bottas suportou a pressão de Raikkonen, que herdou o terceiro posto quando Verstappen bateu em Vettel.

O holandês havia colado em Vettel na volta 43 e tentou uma manobra oportunista por dentro no hairpin, mas os dois colidiram quando o alemão entrou na curva e rodaram simultaneamente, atrapalhando Hamilton no processo.

Ambos continuaram, mas Verstappen recebeu uma penalização de 10s; portanto, apesar de ter se recuperado para chegar em quarto na pista, ele caiu para quinto – atrás de Hamilton – no resultado final.

Isso não serviu de consolo para Vettel, que despencou para oitavo na bandeirada depois de perder rendimento, sendo ultrapassado por Nico Hulkenberg (Renault) e Fernando Alonso (McLaren).

Atrás de Vettel, que ficou furioso com a manobra agressiva de Alonso no complexo das curvas 1 e 2, Carlos Sainz (Renault) e Kevin Magnussen (Haas) completaram os 10 primeiros.

Classificação da prova:

Pos. Piloto Equipe Voltas Tempo/dif.
1 Daniel Ricciardo Red Bull/Renault 56 1h35m36.380s
2 Valtteri Bottas Mercedes 56 8.894s
3 Kimi Raikkonen Ferrari 56 9.637s
4 Lewis Hamilton Mercedes 56 16.985s
5 Max Verstappen Red Bull/Renault 56 20.436s
6 Nico Hulkenberg Renault 56 21.052s
7 Fernando Alonso McLaren/Renault 56 30.639s
8 Sebastian Vettel Ferrari 56 35.286s
9 Carlos Sainz Renault 56 35.763s
10 Kevin Magnussen Haas/Ferrari 56 39.594s
11 Esteban Ocon Force India/Mercedes 56 44.050s
12 Sergio Perez Force India/Mercedes 56 44.725s
13 Stoffel Vandoorne McLaren/Renault 56 49.373s
14 Lance Stroll Williams/Mercedes 56 55.490s
15 Sergey Sirotkin Williams/Mercedes 56 58.241s
16 Marcus Ericsson Sauber/Ferrari 56 1m02.604s
17 Romain Grosjean Haas/Ferrari 56 1m05.296s
18 Pierre Gasly Toro Rosso/Honda 56 1m06.330s
19 Charles Leclerc Sauber/Ferrari 56 1m19.066s
20 Brendon Hartley Toro Rosso/Honda 51 abandono

EB - www.autoracing.com.br

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.