F1 – Chefe de Monza apoia a demissão de Arrivabene

Maurizio Arrivabene

Angelo Sticchi Damiani, chefe de Monza, apoiou a decisão da Ferrari de demitir Maurizio Arrivabene, chefe da equipe.

Após uma disputa pelo poder entre os dois e a perda do campeonato mundial de 2018 para a Mercedes, Arrivabene foi substituído pelo diretor técnico Mattia Binotto.

“A mensagem é clara”, declarou Sticchi Damiani ao Corriere dello Sport. “Não pode haver mais desentendimentos. Os resultados não podem mais ser questionados devido a problemas de comunicação entre os responsáveis”.

Alguns acreditam que Binotto certamente abrirá mão da diretoria técnica, mas Sticchi Damiani acha possível que ele tenha uma função dupla.

“A nomeação de Binotto e acima de tudo a fusão dos dois cargos mais importantes dentro da equipe é um desenvolvimento sensacional que significa uma coisa: você precisa vencer os dois campeonatos mundiais imediatamente”, afirmou ele.

“As expectativas para 2019 são enormes e é importante que um ponto de equilíbrio tenha sido encontrado. Os acionistas claramente consideraram inaceitável o risco de uma terceira temporada com tropeços e oportunidades perdidas. Também foi devido aos fãs, que nunca abandonaram a Ferrari em momentos de derrota ou longas esperas”.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.