F1 – Caterham demite mais de 40 funcionários

Caterham

A equipe Caterham demitiu mais de 40 funcionários, numa tentativa de reduzir os custos, de acordo com a BBC.

Demitidos da empresa incluem o diretor técnico Jody Eggington e o chefe de operações de pista Gerry Hughes, embora a Caterham se recusasse a comentar sobre os cortes. A BBC informou que os funcionários com salários maiores parecem ser o principal alvo da medida de corte de custos, embora pessoal da equipe subalterna também tenha sido demitido.

A equipe está sendo administrada por Colin Kolles, que formou uma reputação durante seu tempo como chefe da HRT em gerenciar equipes com um orçamento apertado.

Antes da aquisição, que foi anunciada na véspera do GP da Inglaterra, a Caterham tinha cerca de 350 funcionários. Após o acordo, o consórcio da Suíça e Oriente Médio investiu na equipe de F1, que se tornou uma entidade separada das duas empresas de tecnologia que carregam o nome de Caterham, bem como do negócio de carros esportivos.

Antes do GP da Inglaterra, Kolles disse à BBC: “Sou conhecido pela eficiência. A Formula 1 é a eficiência, é o desempenho esportivo e também o desempenho financeiro”.

 

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.